Dicas - Agenda Cultural Goiânia

Por Jessika Hannder

Teatro Infantil

Acaso em Cores - Dom Quixote

12 de outubro 2012 - Dia da Crinça

Acaso em Cores - Dom Quixote “Acaso em Cores” é um projeto da Cia. de Teatro Destinatário direcionado para a contação de histórias através das diversas linguagens performáticas, que favorecem o despertar dos sentidos, das sensações e da imaginação dos nossos Destinatários – o público –, para quem trabalhamos com muito empenho. Nesta edição o público infantil de zero a cem anos se diverte com as enlouquecidas aventuras de “Dom Quixote”, um fidalgo que de tanto ler livros de cavalaria parte em busca de aventuras, junto com seu fiel escudeiro Sancho Pança.

O resgate de donzelas, a luta com gigantes perversos, que não são nada mais que moinhos de vento e a busca pela justiça e o amor de Dulcinéia são as grandes preocupações do nosso herói, e podem ser interrompidas a qualquer momento por um Encantador inimigo das imaginações de Quixote. Bonecos, máscaras, músicas e brincadeiras populares transformam as histórias de Dom Quixote em “Fantásticas Aventuras de Dom Quixote”.

INFORMAÇÕES - Acaso em Cores - Dom Quixote
Datas: 12 de outubro 2012
Horários: sexta, às 16h
Preços: R$ 5,00 (Promocional) Classificação etária: 5 anos

Local: Teatro Escola Basileu França. Telefone: 62 81149081
Endereço: Av. Universitária, 1750 - Setor Leste Universitário - Goiânia/GO.

Fonte: www.goianiaouro.com - Centro Municipal de Cultura Goiânia Ouro | por Assessoria de Comunicação

Teatro mês das Crinaças

Mostra "Contos e Fábulas - 200 Anos dos Irmãos Grimm "Em Parceria Com o Instituto Goethe São Paulo comemorando o mês das Crianças de 01 a 31 de
outubro de 2012

O gato de botas
(Gestiefelte Kater, Der)
Direção: Christian Theede, colorido, 58 min., 2009
Quando o velho moleiro morre, seu filho Hans herda apenas o velho gato, enquanto que seus irmãos recebem de herança o moinho e um burro. Hans já começa a pensar em fazer umas luvas com a pele do animal doméstico, quando o gato o convence a lhe comprar um par de botas, em vez de matá-lo. O gatinho de botas vermelhas contribuirá decisivamente para melhorar a situação de vida de Hans e seus irmãos.
Informações
Dia: 10, 11 e 12 de outubro
Horário: 12:30h, 15h e 20h
Ingresso: R$ 2,00
Censura: Livre

Cinderela
(Aschenputtel)
Direção: Uwe Janson, , colorido, 59 min., 2011
 Cinderela vive com sua madrasta e suas duas enteadas. As duas não a tratam como um membro da família, mas sim, como uma empregada, deixando para ela todo o trabalho doméstico. Porém, as perseguições da madrasta de Cinderela não conseguirão impedi-la de participar do grande baile em que o príncipe escolherá sua noiva.
Informações
Dia: 13 , 14 e 15 de outubro
Horário: 12:30h, 15h e 20h
Ingresso: R$ 2,00
Censura: Livre

O Rei Sapo
(Froschkönig, Der)
Direção: Franziska Buch, colorido, 58 min., 2008
 Ao completar 18 anos, a princesa ganha de presente uma bola de ouro, que sua mãe, já falecida, lhe deixara de herança. Suas amigas brincam alegremente com a bola, que acaba caindo no lago do castelo. A princesa fica inconsolável, apesar de estar esperando uma visita, que chegará neste mesmo dia. Um jovem rapaz virá pedir sua mão em casamento - e o futuro de sua família, agora empobrecida, também depende desse casamento. Porém, um sapo promete tirar a bola do lago, se a princesa concordar em festejar com ele o seu aniversário e deixá-lo comer do seu pratinho.
Informações
Dia: 16, 17 e 18 de outubro
Horário: 12:30h, 15h e 20h
Ingresso: R$ 2,00
Censura: Livre

Os Músicos de Bremen
(Bremer Stadtmusikanten, Die)
Direção: Dirk Regel, colorido, 58 min., 2009
 O conto "Os Músicos de Bremen" fala de quatro animais que devem ser mortos por já estarem velhos e fracos. Porém, o burro, o cachorro, o gato e o galo conseguem driblar seu destino e decidem tornar-se músicos em Bremen. No meio do caminho, eles descobrem à noite uma casa iluminada e é quando começa sua grande aventura. Informações
 Dia: 19, 20 e 21 de outubro
Horário: 12:30h, 15h e 20h
Ingresso: R$ 2,00
Censura: Livre

A mesa mágica
(Tischlein deck dich)
Direção: Ulrich König, colorido, 58 min., 2008
 Max, o mais jovem de três irmãos, é tão desastrado, que seu pai o manda pastorear cabras. Mas ele quer sair pelo mundo como seus irmãos e aprender um ofício. Após um período de aprendizagem, os três voltam para casa trazendo presentes ofertados pelo seu mestre em agradecimento pelo seu trabalho: uma mesa mágica, um asno de ouro e um porrete ensacado.
Informações
Dia: 22, 23 e 24 de outubro
Horário: 12:30h, 15h e 20h
Ingresso: R$ 2,00
Censura: Livre

A Senhora Holle
(Frau Holle)
Direção: Bodo Fürneisen, colorido, 58 min., 2008
Na filmagem do conto "A Senhora Holle", duas irmãs - Marie e Luise - precisam ajudar a mãe viúva no trabalho. Uma delas é gentil e trabalhadora. A outra é preguiçosa, vaidosa e egoísta. Só uma delas se sairá bem na casa da bondosa Senhora Holle, que faz cair neve do céu.
Informações
Dia: 25, 26 e 27 de outubro
Horário: 12:30h, 15h e 20h
Ingresso: R$ 2,00
Censura: Livre

O Alfaiatezinho Valente
(Tapfere Schneiderlein, Das)
Direção: Christian Theede, colorido, 58 min., 2008
 "Sete de um golpe só" - o jovem herói, que proclama sua proeza, é alfaiate e matou sete moscas com um único golpe. Por isso, o pequeno alfaiate se sente predestinado a realizar feitos ainda maiores e parte mundo afora. Primeiro, ele encontra um bando de gigantes, que consegue ludibriar e, depois, vai ao castelo do rei excêntrico e de sua bela filha Paula. O alfaiate deverá casar-se com ela, porém, antes disso, terá de sair-se bem em algumas aventuras, e salvar o reino.
Informações
Dia: 28, 29, 30 e 31 de outubro
Horário: 12:30h, 15h e 20h
Ingresso: R$ 2,00
Censura: Livre

INFORMAÇÕES - Espetáculo: Pretinho Básico, com Edson Duavy
Datas: 14, 15 e 16 de setembro 2012
Horários: sexta, às 21h, sábado, às 19h e 21h e domingo, às 20h
Preços: R$ 40, 00 (inteira) e R $ 20,00 (meia) Classificação etária: 14 anos
LOCAL - Teatro do Goiânia Ouro

Fonte: www.goianiaouro.com - Centro Municipal de Cultura Goiânia Ouro | por Assessoria de Comunicação

Centro Municipal de Cultura Goiânia Ouro

A transformação do espaço onde hoje funciona o Centro Municipal de Cultura Goiânia Ouro começou a ser pensada pela família que é proprietária da Galeria Ouro e do Cine Ouro. O contato foi feito com o secretário municipal de Cultura Kleber Adorno, no sentido de viabilizar a ideia inicial que era de transformar o espaço em duas salas de exibição de filmes. Isso, no começo de 2005. Kleber fez uma visita ao local e pensou em ampliar a proposta. O secretário levou o projeto para o prefeito Iris Rezende, que autorizou de imediato a parceria. Nascia aí o Goiânia Ouro.

"Com o sim do prefeito, desenvolvemos o projeto e passamos a executá-lo", afirma Kleber Adorno. "A ideia, desde as primeiras conversas com o prefeito, era democratizar o acesso aos bens culturais, por parte da população e fomentar o talento local em todas as suas formas de manifestação."

Para o prefeito Iris Rezende, a grande procura pela pauta do Goiânia Ouro prova que o espaço está cumprindo com sua proposta inicial. Para Kleber, o Goiânia Ouro é "a maior casa de espetáculos de Goiás em termos de ocupação e a que mais contribui com a arte local".

O Centro Municipal de Cultura Goiânia Ouro foi inaugurado em 21 de junho de 2006, com o espetáculo Café Cantante, Punhal Reluzente, do grupo teatral Martim Cererê, com direção de Marcos Fayad.