JPG Oferta da Semana 300x250 VI

AGENDA - RIO DE JANEIRO

Happy Hour do Boulevard Cidade Nova

Rafael Lobo e Grupo Sambaforte

Foto: divulgação

Roteiro cultural Rio de Janeiro

Por Déborah Sathler / Assessoria de Comunicação/Marketing

Entrada franca
Dia Nacional das Baianas será comemorado com muito acarajé, jongo e samba na Cidade Nova

Dia Nacional das Baianas - 25 de novembro de 2011

Nesta sexta-feira, dia 25 de novembro, Dia Nacional das Baianas, o Boulevard Cidade Nova preparou um evento especifico para relembrar a importância histórica das “tias baianas” que habitaram a região da Cidade Nova no início do século passado. A mais famosa delas, Tia Ciata, era quituteira, agitadora cultural e considerada a mãe do samba, pois foi na sua casa que surgira o primeiro samba feito por Donga.

De acordo com a organizadora do evento, Taciana Amar, “estamos preparando um evento cultural que traga lazer, cultura e informação as pessoas que circulam, moram e trabalham na Cidade Nova”, disse ela. Às 11 horas a baiana Sônia do Acarajé e sua equipe estarão servindo acarajé, cocada e outros quitutes no tabuleiro. Às 13 horas haverá apresentação do jongo de Mesquita e ás 17 horas o Grupo Sambaforte, o músico Rafael Lobo e a cantora Dilma Oliveira vão apresentar samba de raiz em homenagem ao povo da Bahia, que trouxe toda a musicalidade para o Rio de Janeiro. Baluarte do samba e da Estácio de Sá, Alice Pereira Gomes, Tia Alice como é conhecida será homenageada durante o evento.

O Dia Nacional das Baianas foi decretado através de uma lei publicada no dia 20 de janeiro de 2010 no Diário Oficial da União pelo então presidente Luís Ignácio Lula da Silva. Com isso elas conseguiram a regularização da profissão e passam a ser patrimônio cultural imaterial do Brasil.

O Boulevard Cidade Nova é um espaço comercial diferenciado, sua fachada é composta por casas que foram preservadas formando um corredor histórico. E fica localizado na Rua Néri Pinheiro, 245, Cidade Nova (em frente á Universidade Petrobrás). A entrada é livre.

Histórico da Tia Alice

Tia Alice nasceu no Rio de Janeiro, em 31 de dezembro de 1929, é aposentada, começou a desfilar com 7 anos de idade na ala das crianças da escola de samba Cada Ano Sai Melhor, levada por sua avó Rita, que era baiana. Em 1955 com a fusão das três escolas do morro de São Carlos, onde Tia Alice morou por todo vida, foi criado a Unidos de São Carlos e o seu marido Valdemiro Ribeiro, que era estivador se tornou o primeiro presidente da escola. Quando ficou viúva deixou de desfilar pela escola durante quatro anos. Retornou a escola, agora já Grêmio Recreativo Escola de Samba Estácio de Sá, desfilando na diretoria. Assumiu a diretoria das baianas a convite do presidente Acyr Pereira Alves. Tia Alice era quem preparava as feijoadas da escola com suas mãos mágicas durante décadas, foi pioneira sendo a única mulher do São Carlos a desfilar na ala raiz da Estácio. Foi homenageada como enredo em 2008 pelo bloco Badalo de Santa Tereza, com o tema “Tia Alice badalando em Santa Tereza”, alcançando o campeonato neste mesmo ano. Em 2009 assumiu a vice-presidência da Estácio na gestão do então presidente Marquinhos. Ela que nunca desfilou em outra escola a não ser na Estácio, se afastou neste ano, reafirmando que continua sendo a Estácio a sua própria vida e destaca o ano de 1992 com o campeonato da Paulicéia Desvairada um momento de grande emoção em sua vida, além de 2006 quando a escola subiu para o Grupo Especial.

Dia Nacional das Baianas - 25 de novembro de 2011. Sexta-feira - Boulevard Cidade Nova
Atrações: Grupo de Jongo de Mesquita, Grupo Sambaforte, Rafael Lobo e Dilma Oliveira.
Boulevard Cidade Nova - Rua Néri Pinheiro, 245, Cidade Nova (em frente á Petrobrás).
Das 17h ás 21h. Entrada franca. Tel: (21) 2293-2311

Navegue por NossaDica

Copyright © 2007 • Nossadica • Todos os direitos reservados • Mapa do siteWebMasterHostDica Serviço de Internet