Home / Agenda Cultural de Brasília / Consciência Negra e Diversidade nas lentes de cineastas brasilienses

Consciência Negra e Diversidade nas lentes de cineastas brasilienses

FAC e CCBB apresentam:

Mostra de Curtas

   Brasília em Plano Aberto

“Marcas de uma estrada griô”. Dir. Pato Sardá

Consciência Negra e Diversidade ganham destaque e relevância no mês de novembro e, norteados por estes temas, os curadores do Brasília em Plano Aberto, Mostra de Curtas Brasiliense, Wol Nunnes e Maurício Witczak, selecionaram quatro curtas, rodados por cineastas da cidade e de diferentes gerações, que tocam com profundidade estes assuntos.

 

O cineasta convidado especial desta quinta edição do projeto, Adirley Queiroz dá voz à periferia em seu filme “Rap o Canto da Ceilândia”, que abre a sessão de exibições. O documentário “Das Raízes as Pontas”, da diretora Flora Egécia, discorre sobre a consciência negra. “Marcas de uma estrada Griô”, de Pato Sardá, mostra a trajetória do bailarino João Negreiros; e “Entre cores e navalhas”, de Catarina Aciolly e Iberê Carvalho, aborda a questão da diversidade em uma narrativa poética e delicada.

 

Após as exibições, tem bate-papo com os cineastas convidados. Em seguida, no jardim do CCBB, tem DJ do Selo Criolina, tocando trilhas conhecidas do cinema nacional e internacional, e foodbikes.

 

Brasília em Plano Aberto tem como proposta apresentar uma cartografia da produção cinematográfica realizada na Capital Federal nos últimos 40 anos ao reunir, em um só evento, registros e olhares de uma sociedade captados através das lentes dos cineastas experientes, com suas carreiras já consolidadas, assim como de jovens que despontam no cenário do audiovisual local e também nacional.

 

 

Serviço:

 

“Entre cores e navalhas”. Dir. Catarina Aciolly e Iberê Carvalho

Mostra de Curtas “Brasília em Plano Aberto”

Tema: Diversidade e consciência negra.

Endereço: SCES Trecho 2 – Brasília/DF

Dia e horário: 1º de novembro, a partir das 19h30

Entrada franca. Retirada de ingressos a partir de 1 hora antes do início da sessão, somente na bilheteria do CCBB.

Classificação indicativa: 16 anos

 

 

Sinopses dos filmes: 

“Rap, o canto da Ceilândia”, de Adirley Queiroz; Ano de produção: 2005; Duração: 15 minutos. C.I.: 10 anos. Sinopse: Diálogo com quatro consagrados artistas do Rap nacional (X, Jamaika, Marquim e Japão), todos moradores de Ceilândia.

Das raízes as pontas”, de Flora Egécia; Ano de produção: 2015; Duração: 20 minutos; C.I.: livre. Sinopse: Luiza, uma menina de 12 anos, fala com orgulho de seu cabelo crespo e sua ancestralidade. A história de Luiza é uma exceção.

Marcas de uma estrada griô”, de Pato Sardá; Ano de produção: 2013; Duração: 15 minutos; C.I.: livre. Sinopse: Documentário sobre a brilhante trajetória do ator e bailarino João Negreiros.

“Entre cores e navalhas”, de Catarina Aciolly e IberêCarvalho; Ano de produção: 2007; Duração: 10 minutos; C.I.: 14 anos. Sinopse: Antony e Esperança estabelecem uma relação ao se conhecerem. Desse encontro, desencadeiam mudanças profundas na vida e na aparência de ambos.

 

Contatos:

Wol Nunnes (Coordenadora de produção e curadora)

wolnunnes@gmail.com ou 981957696

Maurício Witczak (Produtor executivo e curador)

mauriciowitczak@gmail.com ou 981353647

 

Ficha técnica:

Idealização e Coordenação de produção: Wol Nunnes

Produção Executiva: Mauricio Witczak

Curadoria: Maurício Witczak e Wol Nunnes

Coordenação administrativa: Guinada Produções (Guilherme Angelim)

Assistente de produção: Anna França

Design gráfico: Cheo Gonzales

Projeto gráfico: Fermento Comunicação

Assessoria de imprensa: Território Cultural

Assessoria de comunicação: Rodrigo Machado

Fotografia: Léo Monteiro

Registro audiovisual- Boo Filmes

Teaser: Cauê Brandão

Closed caption: Felipe Brandão

Design de troféu e certificados: Lúcia Feitosa

DJs: Criolina

Interpretação de Libras: Fernando Guireles

Sobre Rodrigo Machado

Textos sobre eventos culturais

Check Also

Banda “Tumba la Catumba” realiza temporada em Brasília

‘Simbora’ pro rock meninada! Banda “Tumba la Catumba” realiza temporada em Brasília após bem-sucedida turnê …

Deixe seu comentário