JPG Oferta da Semana 300x250 VI
                         Receba as dicas do site pelo Fedd de Rss

TEATRO RIO DE JANEIRO

Galanga, Chico Rei

Galanga, Chico Rei

Foto: Irene Nóbrega

Roteiro de Teatro Rio de Janeiro

Por Assessoria de Imprensa / Debs Comunicação

A História do Rei do Congo Galanga, Chico Rei

Até 18 de dezembro de 2011, no Teatro do Jóquei

Galanga, Chico Rei, um espetáculo musical afro-brasileiro com texto e músicas de Paulo César Pinheiro e direção de João das Neves, está em cartaz no Teatro do Jóquei, onde fica em temporada até 18 de dezembro, com sessão reduzida para crianças aos sábados e domingos.

O espetáculo traça um panorama da fabulosa história da vida de Chico, rei de uma tribo do Congo que é trazido como escravo para o Brasil e torna-se herói. Na peça usa-se a congada - bailado dramático tradicional em vários estados brasileiros, principalmente em Minas Gerais, em que os figurantes representam, com cantos, danças, cortejos, cavalgadas, levantamento de mastros e muita música, a coroação de um rei do Congo, mesclando cultos católicos com africanos. Estes rituais são dedicadas à protetora tradicional dos negros no Brasil, Nossa Senhora do Rosário, e vários santos negros, especialmente São Benedito e Santa Efigênia.

Ao mesmo tempo, Galanga, Chico Rei revê a história tradicional do nosso país e da nossa cultura sob o prisma da identidade afro-brasileira. E usa a tradição oral em cena com as várias versões de uma mesma história contadas, muitas vezes, de forma simultânea.

No elenco, só atores que moram em Minas, onde aconteceu a maioria dos ensaios: Maurício Tizumba, Alysson Salvador, Bia Nogueira, Denilson Tourinho, Evandro Passos, Everton Coroné, Felipe Gomes, Kátia Araccelle, Lucas Costa, Maíra Baldaia, Rodrigo Jerônimo e Wellison Pimenta.

O cenário reproduz cenicamente um quartel de congadeiro, local onde se faz as festas e cerimônias, apresentando algumas formas dos 7 termos fundamentais do congado e suas coreografias.

O espetáculo repete a parceira entre Paulo César Pinheiro, João das Neves e Maurício Tizumba iniciada no premiado Besouro Cordão-de-Ouro em 2006 e dá continuidade à pesquisa e à linguagem desenvolvidas naquele musical – que mostrou inovação na temática, na música e na linguagem cênica, resultando em turnê de quatro anos, o prêmio Shell de melhor música e diversas críticas entusiasmadas em todo país. Ao longo da temporada, a equipe aprofundou sua relação com a linguagem e o trabalho em conjunto que resulta agora nesse segundo projeto.

Paulo César Pinheiro tem se aprofundado na composição para ritmos tradicionais, como a capoeira e agora a congada, valorizando e revelando a riqueza e as múltiplas possibilidades desses ritmos. Paulo César foi indicado ao prêmio Faz Diferença do Jornal O Globo pela gravação das músicas de Besouro Cordão-de-Ouro, lançado em CD no ano passado pela gravadora Quitanda, de Maria Bethânia. Galanga, Chico Rei, também traz sete composições inéditas (no total são 10), desta vez em ritmo de congada, a música da festa do congo.

João das Neves, diretor do espetáculo, tem relação estreita com a congada - sendo ele próprio congadeiro - e participa anualmente da Festa do Congo de Oliveira. João já iniciou, antes da preparação deste musical, uma pesquisa de linguagem para tratar a cultura da congada em cena no seu espetáculo A Santinha e os Congadeiros apresentado em Contagem/MG com os congadeiros locais. Ao mesmo tempo em que estreia agora este musical, João está dirigindo a peça As Polacas – Flores do lodo, que estreou dia 19 de outubro no CCBB Rio.

Chico Rei está me proporcionando consolidar a parceria com o Paulinho, que foi muito rica no Besouro. E a oportunidade de um encenador como eu de trabalhar com um poeta maravilhoso como ele é única. Espero que se dê ainda muitas outras vezes. Além disso, estou tratando de elementos da cultura negra que são muito próximos a mim, o que me dá um certo conforto em tudo que estamos criando juntos”, descreve o diretor.

Texto e músicas: Paulo Cesar Pinheiro | Direção: João das Neves | Direção musical: Titane | Elenco: Maurício Tizumba, Alysson Salvador, Bia Nogueira, Denilson Tourinho, Evandro Passos, Everton Coroné, Felipe Gomes, Kátia Araccelle, Lucas Costa, Maíra Baldaia e Rodrigo Jerônimo.

Galanga, Chico Rei. Classificação: Livre. Teatro do Jockey. Rua Mario Ribeiro 410, Lagoa. Tel.: 3114-1286. Sexta, sábado e domingo, às 21h. Ingresso: R$ 30,00. Duração: 90 min. Sessão especial para crianças aos sábados e domingos, às 16h. R$ 15,00. Duração: 60 minutos. Temporada: até 18 de dezembro de 2011