Casas de Shows

CASAS DE SHOWS RIO DE JANEIRO

ESTRELA DA LAPA

ESTRELA DA LAPA

Foto: Divulgação

Avenida Mem de Sá, 69 - Rio Janeiro

ALEX RIBEIRO

Quinta (3), 22h.

Integrante da ala dos compositores da escola de samba Império Serrano, o cantor começou interpretando as músicas de seu pai, Roberto Ribeiro, e agora se prepara para gravar um álbum com composições próprias. Na apresentação, ele conta com a participação de Luiza Dionizio. 18 anos.
Estrela da Lapa (400 pessoas).
Avenida Mem de Sá, 69, Lapa,
Informações: 2507-6866. Quinta (3), 22h. R$ 30,00. www.estreladalapa.com.br



GALOCANTO

Sexta (4), 22h30

Figurinha fácil na noite da Lapa, o sexteto afiado está de disco novo, Lirismo do Rio, com composições próprias, além de regravações de clássicos do samba. Do álbum de estreia estão previstas Galã de Xerém e Pão que Alimenta. 14 anos. Estrela da Lapa (400 pessoas). Avenida Mem de Sá, 69, Lapa, 2507-6866. Sexta (4), 22h30. R$ 30,00. www.estreladalapa.com.br.

3 STEPS

Domingo (6), 21h.

Depois de conquistar um público fiel com covers de Dave Matthews Band, o grupo dedica-se a repertório autoral, mas mantém a influência folk. Estão previstas as novas Tá Na Cara e O Melhor Já Passou. 18 anos. Estrela da Lapa (400 pessoas). Avenida Mem de Sá, 69, Lapa, 2507-6866. Domingo (6), 21h. R$ 25,00. www.estreladalapa.com.br.

ESTRELA DA LAPA RIO DE JANEIRO

• Com happy-hour, shows, pista de dança, bebida e comida de qualidade, a casa de shows e eventos Estrela da Lapa veio para animar ainda mais o bairro boêmio da Lapa. O casarão histórico - construído em 1898 - vem despontando como um dos endereços culturais mais importantes do Rio. O prédio começou a ser reformado há três anos, quando o empresário Ruy Solberg comprou as três casas que, juntas, formavam o imóvel. Quando foi construído, no final do século XIX, o edifício era único, mas logo acabou dividido em três locais distintos: uma borracharia, uma gráfica e uma habitação. Esta última permaneceu muito tempo abandonada.

De fato, o belo casarão de três andares e repleto de singularidades - seus gradis art-noveau e seus azulejos foram recuperados por meio de um trabalho desenvolvido pelo arquiteto João Pedro Bailly - vem oferecendo uma programação musical eclética que alterna o chorinho, o blues e a black music. Na programação da Estrela da Lapa, as sextas são reservadas para a música brasileira (samba, MPB), já aos sábados, a black music é a principal atração. Toda quinta tem blues e rock (não muito pesado) e, às quartas, o ritmo é liberado. A casa também conta sempre com um DJ após o show, comandando a pista de dança.

VEJA NO MAPA COMO CHEGAR NO ESTRELA DA LAPA


Exibir mapa ampliado