Cultura São Puaulo

Cultura São Paulo - Exposição

Cérebro - o mundo dentro da sua cabeça

Por Nanda Rovere

“Seu cérebro contém tantos neurônios quantas são as estrelas da via-láctea”

O objetivo da exposição é mostrar o cérebro de maneira leve e que prenda a atenção do visitante. Ao desvendar os mitos e dúvidas sobre o seu funcionamento, o público entenderá melhor a importância, por exemplo, dos neurônios como condutores dos impulsos nervosos e o porquê dos sinais elétricos e conexões químicas formarem uma tempestade elétrica.

Para a imprensa, a exposição foi aberta no dia 4 de agosto, com a assessoria do neurologista Rogério Tuma, chefe de equipes médicas nos hospitais Sírio-Libanês, Albert Einstein, Oswaldo Cruz e Nove de Julho, que acompanhou os jornalistas por toda a exposição, esclareceu dúvidas e quebrou mitos, como a idéia de que usamos somente 10% do nosso cérebro: “Todos os neurônios são essenciais e apesar das crianças realizarem melhor as interconecções, é possível desenvolver o cérebro em qualquer idade" - informou.

No Porão das Artes, diversos cômodos abrigam segmentos que explicam o funcionamento do cérebro. Na entrada, o público já verá cérebros reais de diversos animais (Prólogo) e poderá comparar as diferenciações de tamanho e formato. Logo em seguida, a Tempestade Elétrica é representada através de uma máquina imensa, que simula como um neurônio manda informação para o outro, mostrando o que é e como ocorre a sinapse - interseção entre neurônios.

Na seção denominada Conectado, o público terá a oportunidade de conhecer o desenvolvimento do cérebro desde a infância até a velhice. Um espelho interativo demonstra qual a sensação das crianças quando estão defronte a ele, visto que até cerca de dois anos e meio o bebê e a sua mãe são a mesma pessoa. “A criança ainda não se compreende como indivíduo”... "Ao olhar-se no espelho, pensa que a imagem refletida é de outra pessoa" - salienta o Dr Tuma.

A evolução dos estudos sobre a atividade cerebral, que nos últimos anos se desenvolveu de maneira estrondosa com a ajuda da tecnologia, é trabalhada em Explorando o Cérebro, que apresenta um simulador de eletroencefalograma, uma reprodução de um cérebro que possibilitará a visualização do córtex humano, do sistema límbico, do tronco cerebral e do cerebelo, além do molde do rosto de Phineas Gaget, que teve o seu temperamento modificado após uma barra de ferro atravessar a sua cabeça (Museu de Anatomia de Warren - Universidade de Harvard).

O Cérebro Vivo mexe certamente com problemas que afetam de maneira absurda a população no mundo moderno, como a depressão (distúrbio de neurotransmissores e falta de serotonina). “As drogas lesam a musculatura do centro nervoso, elevam o nível de dopamina , causando euforia e ocasionando a necessidade de mais e mais drogas para que a sensação de prazer não cesse” - afirma o Dr. Tuma.

O mal de Alzheimer, a esquizofrenia, o transtorno bipolar, a depressão e o vício em drogas e álcool, por exemplo, são apresentados como resultado de irregularidades eletroquímicas. Preconceitos que permeiam os doentes portadores dessas doenças são quebrados com painéis explicativos. Um jogo de espelho demonstrará como um indivíduo continua sentindo um membro mesmo após a amputação do mesmo.

O funcionamento da mente é um dos mistérios que a ciência ainda não conseguiu decifrar. Mistérios da Mente pretende ampliar o conhecimento sobre os sonhos, a percepção, a mente, a consciência e a memória. Numa mistura de vídeos e demonstrações práticas, o evento finaliza a amostra sobre o funcionamento do cérebro. Para completar, uma sala de cinema e de leitura.

Cérebro – O Mundo dentro da sua Cabeça já foi vista por mais de três milhões de pessoas em diversas cidades norte-americanas e no México. Chegou ao Brasil pela Egg Produções, a mesma empresa que produziu a mostra Corpo Humano – Real e Fascinante.

Certamente o público sairá do evento com interessantes informações sobre esse enigmático órgão (pequeno em tamanho, mas de imensa magia e complexidade) e da sua função vital, mas a presença de muitos painéis (ilustrados, vale dizer) pode cansar as crianças. Num mundo virtual, talvez mais objetos interativos deixariam a exposição mais dinâmica, já que na Internet podemos encontrar muitos dados revelados na mostra.

Como nem todos os equipamentos estavam funcionando “a pleno vapor” e legendas em português ainda estavam sendo colocadas, após a abertura, o aproveitamento de quem se dirigir ao prédio da Bienal será maior.

“CÉREBRO – O MUNDO DENTRO DA SUA CABEÇA”
Porão das Artes no Pavilhão da Bienal no Parque do Ibirapuera
Abertura para imprensa dia 4 agosto, a partir das 11h
Abertura para o público dia 7 de agosto. Temporada: até 25 de outubro de 2009
De segunda a domingo, das 9h às 21h (acesso à exposição até às 20h)
Classificação Livre. Menores de 12 anos acompanhados dos pais ou responsáveis
Preços: R$ 40,00 (inteira) e R$ 20,00 (meia-entrada)
Pacote Família. Na compra de quatro ingressos (duas inteiras e duas meias) = R$ 108,00
Promoção por tempo limitado
Site oficial: www.exposicaocerebro.com.br

Navegue por NossaDica

Copyright © 2007 • Nossadica • Todos os direitos reservados • Mapa do siteWebMasterHostDica Serviço de Internet