carnaval_300x250.gif
beleza3_300x250.gif
300x250_zanox_Oferta da Semana

TEATRO - SÃO PAULO

Cia. Rústica de Teatro Ganha Mostra em SP

Cia. Rústica de Teatro Ganha Mostra em SP

Foto: divulgação

Roteiro de teatro - São Paulo

Por Lu Cassas & Lica Nielsen / Assessoria em Comunicação

Grupo de Porto Alegre explora depoimentos reais sobre “erros” em atmosfera nonsense na comédia Clube do Fracasso

23 a 31 de julho de 2011

A Cia. Rústica de Teatro condensa apresentações de três espetáculos em onze dias em São Paulo: a comédia Clube do Fracasso, no Parlapatões, sábados, 21h, e domingos, 20h, entre 23 e 31 de julho; o vaudeville Cabaret da Glória, no mesmo espaço, na praça Rosevelt, dias 23 e 30, às 24h; e a performance Desvios em Trânsito, de graça, na avenida Paulista, no dia 21 de julho, 11h, em frente ao Trianon e ao Masp, dia 22, 11h, no quarteirão do Conjunto Nacional, e no dia 28, 16h, em frente ao prédio da Gazeta.

Em Clube do Fracasso, destaque da mostra, o grupo de Porto Alegre faz um tributo à imperfeição, exorcizando com humor e pitadas de filosofia desilusões comuns à humanidade. Para lançar um olhar terno sobre as imperfeições, a encenação funciona de acordo com a lógica de um jogo, são embaralhados os personagens e os fatos. Chamando-se pelos nomes verdadeiros, os intérpretes compartilham histórias reais (próprias ou não): a decepção do primeiro amor; um papelão ridículo; e sonhos secretos.

A dramaturgia (prêmio Açorianos 2010 - da Prefeitura de Porto Alegre) costura os depoimentos com citações de autores renomados sobre o revés do sucesso. Trechos do Poema em Linha Reta, de Fernando Pessoa (Álvaro de Campos) - “Nunca conheci quem tivesse levado porrada” e de obras de Samuel Beckett (“Fracasse outra vez. Fracasse Melhor”) e Heiner Müller engrossam o roteiro concebido pela diretora com o elenco em sala de ensaio.

Trata-se do primeiro espetáculo com texto próprio e uso de projeções de imagens com elementos da linguagem usual do grupo: música ao vivo e humor. Os vídeos levam à cena trechos de filmes antigos, fotos de pessoas públicas, palavras e entrevistas (remetendo à linguagem documental).

A obra é a primeira parte da Trilogia Festiva que incursiona em zonas obscuras do ser humano, como o fracasso, a morte e o caos. A incursão da Cia. Rústica pela fragilidade humana é feita com humor. “A interpretação humanista busca a cumplicidade com o público. A fisicalidade é valorizada com tom íntimo e musicalidade”, diz a diretora Patrícia Fagundes. A preparação corporal e as composições coreográficas são de Cibele Sastre.

Direção e composição dramatúrgica: Patrícia Fagundes
Elenco: Heinz Limaverde (voz), Marina Mendo (acordeom, teclado e voz), Lisandro Belloto (teclado), Priscilla Colombi (percussão) e Francisco de los Santos (cajón e pandeiro meia-lua)

Clube do Fracasso. 23 a 31 de julho de 2011 - Sábado, às 21h, e domingo, às 20h.
Espaço Parlapatões (96 lugares). Praça Franklin Rosevelt, 158, Centro. Telefone (11) 3258-4449
(3 para deficientes e 2 para obesos). Acessibilidade para portadores de deficiência física.
Ingressosos: R$30,00. 50% estudantes, idosos com mais de 65 anos, aposentados, professores da rede pública de ensino e classe teatral. Bilheteria: 3ª a domingo, das 16h às 22h.
Duração: 85 minutos. Indicação etária: 12 anos.
Aceita cheque e cartão de débito e crédito (Visa, Visaeletron, Mastercard, American Express e Redeshop). Vendas pelo telefone (11) 4003-1212 ou pelo site www.ingressorapido.com

Clube do Fracasso - Montagem vencedora do Prêmio Funarte de Teatro Myriam Muniz 2009; Troféu RBS Cultura 2010 Júri Popular de Melhor Espetáculo; Prêmio Açorianos 2010 (instituído pela Prefeitura de Porto Alegre) de Melhor Dramaturgia. Estreou em outubro de 2010, cumpriu temporada até novembro em Porto Alegre e percorreu sete cidades no interior do Rio Grande do Sul - circuito Sesc, entre março e abril de 2011. Agora, entre 4 de junho e 3 de julho, está na Sala Álvaro Moreyra, em Porto Alegre. www.clubedofracasso.wordpress.com

Cabaret da Glória. Duas apresentações: 23 e 30 de julho (sábados), 24h.
Parlapatões. Ingresso: R$30,00. 50% estudantes, idosos com mais de 65 anos, aposentados, professores da rede pública de ensino e classe teatral.
Duração: 75 minutos. Indicação etária: 12 anos.

Desvios em Trânsito. Três apresentações na avenida Paulista: Dia 21 de julho, às 11h: em frente ao Trianon e ao Masp; dia 22 de julho, às 11h: entorno do Conjunto Nacional; e dia 28 de julho, às 16h: em frente ao prédio da Gazeta. Grátis. Duração: 60 minutos Indicação etária: livre

Navegue por NossaDica

Copyright © 2007 • Nossadica • Todos os direitos reservados • Mapa do siteWebMasterHostDica Serviço de Internet