Teatro Infantil

TEATRO INFANTIL - SÃO PAULO

Cia. Circo de Bonecos

Cia. Circo de Bonecos

Foto: Teka Queiroz

Teatro Cleyde Yáconis

Cia. Circo de Bonecos apresenta espetáculo e exposição em
JANEIRO NO TEATRO CLEYDE YÁCONIS

De 16 de Janeiro a 28 de fevereiro de 2010

Por Douglas Picchetti / Arteplural Comunicação

Em janeiro, a Cia. Circo de Bonecos cumpre temporada no Teatro Cleyde Yáconis com o espetáculo infantil Circo de Bonecos. Dirigida por Teka Queiroz, a peça entra em cartaz dia 16 de janeiro de 2010, e é desenvolvida a partir de situações criadas por dois clowns que retratam as fragilidades humanas. No elenco, Cláudio Saltini (idealizador do espetáculo e indicado a melhor ator do prêmio FEMSA em 2008), Raniere Guerra e Sandro Gattone dão vida a bonecos e transformam, de forma bem-humorada, o teatro em circo. Além do espetáculo, a companhia apresenta a Exposição de Bonecos, em comemoração ao seu aniversário de 10 anos, também no Teatro Cleyde Yáconis, composta por doze bonecos, todos usados em suas apresentações. 

Na sala de casa, duas crianças brincam de circo e disputam a função de apresentador. Durante o espetáculo, os atores criam novos significados para as brincadeiras populares, transformando-as em números circenses, mesmo sem nenhuma pretensão e compromisso com o virtuosismo dos artistas de circo. Dessa forma, o tradicional pega-pega se transforma em um número acrobático, o esconde-esconde em mágica de desaparecer e reaparecer, e um bichinho de pelúcia faz um número acrobático. Aparições dos bonecos Hipopótamo, Elefante e Pato, com diversos tipos de manipulações e movimento de luzes e música, intensificam o desenrolar da peça. Segundo Raniere Guerra “produzimos um espetáculo livre de didatismos, lições de moral e que agrada crianças e adultos”.

O grupo Cia. Circo de Bonecos assina a cenografia, figurino e trilha sonora em parceria com Erik Tranquelin. O cenário é básico, composto por um sofá, dois baús e uma pequena mesa de 1m de altura. O figurino, baseado no filme A voz do Coração (Les Choristes, de Christophe Barratier, de 2004), veste os artistas de forma simples, sem perder o trabalho artístico, nas cores azul e bege com adereços variados. A trilha sonora é um apanhado de jazz dos anos 80 e 90, instrumentais e algumas canções experimentais do grupo Uakti. A peça recebeu indicação de melhor Trilha Sonora ao prêmio FEMSA (Melhores do 2º semestre de 2008).

 Exposição de Bonecos

Pela primeira vez, a companhia vai tornar pública sua linha de produção, em comemoração aos seus 10 anos. O público poderá ver mais de perto os bonecos usados nos espetáculos e descobrir um pouco mais da história de cada um na Exposição de Bonecos, que será exibida no hall do Teatro Cleyde Yáconis. A mostra conta com doze bonecos (que variam entre 15 cm e 1,70 m, feitos de papel machê, fibra de vidro, látex, espuma com estrutura em madeira e objetos do uso cotidiano), desenhos (que serviram de ponto de partida para a confecção dos bonecos) e fotos dos bonecos (em processo de produção, em cena, dos espetáculos e do elenco trabalhando em ateliê). Tem, ainda, textos que explicam o processo de criação dos espetáculos. Além disso, cenas das peças serão exibidas em uma televisão instalada no interior de um teatro de brinquedo.

O suporte para a exposição será composto por quatro mesas feitas de ferro, com tampo de madeira e altura de 50 cm e 2m de largura, estruturada, para que tudo possa ser apreciado tanto pelas crianças, quanto por adultos. Cada item exposto estará acompanhado de textos explicativos com o nome da arte, espetáculo a que pertence, data de confecção, técnica de manipulação e materiais envolvidos na produção.
Segundo o ator Raniere Guerra, o espetáculo e a exposição são recheiados de sensibilidade e, além de crianças, agrada a adultos. “Criamos espetáculos para divertir e fazer pensar.  O público irá rir o tempo todo e, ao mesmo tempo, se emocionar com a delicadeza e poesia de algumas cenas, enquanto a exposição revela o encantamento, mostrando que o ator é o ser capaz de transformar pedaços de tecido, madeira ou espuma em algo que tenha vida.”

Direção: Teka Queiroz.
Produção: Iarlei Rangel.
Elenco: Cláudio Saltini, Raniere Guerra e Sandro Gattone. Técnico de Som e Luz: Iarlei Rangel. Trilha Sonora, Figurino, Cenografia, Iluminação: Cia. Circo de Bonecos. Coreografia: Ana Carolina Arruda. Ingressos: R$ 20,00 e R$ 10,00 (meia-entrada).

Local: Teatro Cleyde Yáconis  (288 lugares)
Endereço: Avenida do Café, 277 – Telefone (11) 5070-7018
Bairro: Jabaquara. Estação Metrô Conceição
Horário(s): sábados e domingos, às 16h
Data(s): 16 de Janeiro a 28 de fevereiro de 2010
Preço(s): inteira: R$ 20,00   meia: R$ 10,00
Classificação: Livre
Duração: 60 Minutos
Não haverá apresentações dias 13 e 14/02
Exposição de Bonecos – Aos sábados e domingos, no hall do Teatro Cleyde Yáconis.
www.teatrocleydeyaconis.art.br

Assessoria de Imprensa
Jornalista responsável - Fernanda Teixeira
ARTEPLURAL Comunicação
fernanda@artepluralweb.com.br www.artepluralweb.com.br
arteplural@artepluralweb.com.br

Navegue por NossaDica

Copyright © 2007 • Nossadica • Todos os direitos reservados • Mapa do siteWebMasterHostDica Serviço de Internet