Teatro Infantil - SP

TEATRO INFANTIL SÃO PAULO

Quixote Caboclo - Espetáculo infantil da Cia da Tribo

Quixote Caboclo - Espetáculo infantil da Cia da Tribo

Foto: divulgação

SESC SANTANA - Av. Luiz Dumont Villares, 579 - Santana

Teatro Infantil

Por Adriana Balsanelli / Arteplural Comunicação

Novo espetáculo infantil da Cia da Tribo, Quixote Caboclo presta homenagem ao poeta nordestino Patativa do Assaré

Estréia 04 de outubro, domingos às 15h30 - Até 29 de novembro de 2009

Cia da Tribo estreia novo infantil livremente inspirado em poemas, músicas e cordéis do poeta sertanejo Patativa do Assaré. Na montagem, teatro de bonecos, dança popular e trilha sonora serão algumas das linguagens utilizadas para contar e cantar a vida do caboclo

A Companhia da Tribo estreia a peça infantil Quixote Caboclo dia 4 de outubro, domingo, às 15h30, no Teatro do Sesc Santana. Dirigido e encenado por Wanderley Piras e Milene Perez, o espetáculo infanto-juvenil é inspirado nos poemas, cordéis e músicas de Patativa do Assaré, poeta sertanejo considerado uma das principais figuras da música nordestina do século 20. A peça terá sessão especial na segunda-feira, dia 12 de outubro (Feriado), às 15h30, grátis.

Com direção musical de Magda Pucci, a apresentação utiliza-se das linguagens de teatros de bonecos (mamulengo e sombras), cordel, dança popular e trilha sonora especialmente composta para contar a história de um Quixote caboclo que, após aprisionar um pássaro, conta histórias e causos de sua vida para que a ave volte a cantar.

A peça leva aos palcos um apanhado da obra de um dos maiores representantes da música popular brasileira, o poeta e cantador Patativa do Assaré. O espetáculo conta a história de um caboclo que vive sozinho no sertão nordestino, e um dia resolve capturar uma Patativa (espécie de pássaro que deu origem ao pseudônimo do poeta, que é assim chamado por sua poesia ser comparável à beleza do canto dessa ave) para ouvir seu canto. Porém, a falta de liberdade faz com que o pássaro pare de cantar, e, para fazê-lo cantar novamente, o caboclo resolve lhe contar histórias de sua vida.

Para cada história foram feitos coloridos painéis, pintados nos dois lados em xilogravura pelo artista plástico Flávio Camargo. O método consiste no processo de gravação em relevo que utiliza a madeira como matriz e possibilita a reprodução da imagem gravada sobre papel ou outro suporte adequado. A xilografia foi escolhida por ser um artifício com que os gráficos do cordel (tipo de literatura muito comum no nordeste brasileiro) ilustram as capas dos folhetos.

Inspirado nas imagens da casa de Assaré, o cenário utiliza a estética simples de uma casa típica do sertão nordestino. As imagens são bem coloridas, algumas, bem amareladas, que remetem ao sertão e a seca, contrastando com as cores carregadas que representam a imaginação do poeta. E para complementar, a trilha sonora, dirigida por Magda Pucci, é composta por ritmos bem brasileiros como o maracatu, o frevo e o forró.

Para Wanderley, a idéia que motivou o espetáculo foi levar ao público infantil os poemas de Patativa. A maior dificuldade, segundo ele, foi dar sentido à história com um texto em que cada poema se encaixasse na seqüência dos fatos.

Sobre a Cia da Tribo

Criada em 1996 por Milene Perez e Wanderley Piras, a Cia da Tribo mantém em seu trabalho a pesquisa sobre cultura popular e a preocupação de estabelecer – por meio de uma linguagem urbana - um repertório que mostre a fusão de culturas. O primeiro trabalho de pesquisa do grupo foi Zabumba, um musical infanto-juvenil, cuja temática era o Bumba-Meu-Boi, com o qual recebeu diversos prêmios: APCA, Troféu Mambembe e Prêmio Femsa de Teatro Jovem.

Quixote Caboclo – Estréia 04 de outubro, domingos às 15h30. No Teatro do SESC Santana. Texto e Direção: Milene Perez e Wanderley Piras. Elenco: Milene Perez, Wanderley Piras e Eduardo Leite. Direção Musical: Magda Pucci. Figurino: Milene Perez Bonecos: Sidnei Caria. Cenário Wanderley Piras e Flávio Camargo. Iluminação Ronaldo Dias. Gênero: Infanto-Juvenil, Indicado para crianças a partir de 4 anos. Duração: 45 minutos. Ingressos: R$ 10,00 (inteira); R$ 5,00 (usuário matriculado no SESC e dependentes, +60 anos, estudantes e professores da rede pública de ensino). R$ 2,50 (trabalhador no comércio e serviços matriculado no SESC e dependentes). Temporada – Domingos, às 15h30. Sessão especial Dia 12 de outubro, segunda-feira. Grátis (retirar ingresso com 1 hora de antecedência).  Até 29 de novembro.

SESC SANTANA - Av. Luiz Dumont Villares, 579 - Santana. Fone: (11) 6971-8700. Ar condicionado. Acesso para deficientes físicos. Estacionamento no próprio SESC - R$ 3,50 pelo período de uma hora (trabalhador no comércio e serviços matriculados e dependentes) e R$ 7,00 (demais usuários). www.sescsp.org.br

Fernanda Teixeira / Arteplural Comunicação
site - www.artepluralweb.com.br e-mail - fernanda@artepluralweb.com.br

As atrações e/ou informações sobre eventos que constam neste site estão sujeitas a mudanças e alterações sem aviso prévio. Evite surpresas telefonando antes de visitar as atrações ou eventos.