Cultura

CONSCIÊNCIA NEGRA - HISTÓRIA

Revolta da Chibata

Por Edson Lima

São Paulo - Evento

Consciência Negra:
Centenário da Revolta da Chibata e homenagem a poeta
Maria Tereza

22 de novembro de 2010 - Grátis

No dia 22 de novembro de 1910, marinheiros negros se rebelaram contra os castigos a que eram submetidos a bordo de embarcações brasileiras, liderados por João Cândido Felisberto ocuparam por cinco dias vários navios brasileiros na Baía da Guanabara, então Capital Federal. O levante dos marinheiros ficou conhecido como Revolta da Chibata. Para celebrar o centenário deste acontecimento e os 130 anos de nascimento de João Cândido, vamos realizar um evento com várias manifestações artísticas e uma homenagem a poeta Maria Tereza Moreira de Jesus, que nos deixou recentemente, com leituras de poesias de seu último livro “Negrices em Flor” publicado pela Edições Toró.

PROGRAMAÇÃO
19h00 - Exibição de vídeos documentários sobre a Revolta da Chibata 19h30 – Leitura da “Carta dos Marinheiros” (manifesto dirigido ao governo brasileiro na ocasião) e apresentação do livro “João Cândido do Brasil e a Revolta da Chibata” de César Vieira, dramaturgo e fundador do TUOV - Teatro Popular União e Olho Vivo. 19h50 - Apresentação do grupo de Capoeira Angola Omoayê e convidados 20h20 - Dança afro com Inayara Samuel acompanhada de músicos 20h40 - Apresentações musicais com a Banda Mokó de Sukata do movimento Trokaoslixo, o músico e compositor Haroldo Oliveira e outros convidados.

Durante a programação haverá leituras de textos sobre a Revolta da Chibata e seu líder, o Almirante Negro, João Cândido Felisberto e uma homenagem a poeta Maria Tereza Moreira de Jesus.

Quer participar Abaixo-assinado Manifesto de apoio à Indenização reparatória, “POST MORTEM”, POR PARTE DO GOVENO BRASILEIRO AO MARINHEIRO DE 1ª CLASSE JOÃO CÂNDIDO FELISBERTO (O ALMIRANTE NEGRO)? Acesse aqui: www.peticaopublica.com.br

Serviço:
Centenário da Revolta da Chibata e homenagem a poeta Maria Tereza Moreira de Jesus
Dia 22 de novembro de 2010, segunda-feira, a partir das 19h.
Biblioteca Pública Alceu Amoroso Lima – Av. Henrique Schaumann, 777 - Pinheiros - São Paulo (SP) – Tel. 3082 5023 / 3063 3064
Produção: O Autor na Praça com apoio especial do poeta Ricardo Silva.
Assessoria de Imprensa: Edson Lima – 9586 5577 – edsonlima@oautornapraca.com.br.
Apoio: Biblioteca Alceu Amoroso Lima / Secretaria Municipal de Cultura / Prefeitura do Município de São Paulo / AEUSP – Associação dos Educadores da USP / ARTVER.

Saiba mais:
Sobre a Revolta da Chibata – www.pt.wikipedia.org/wiki
Sobre João Cândido Felisberto – www.pt.wikipedia.org/wiki
Sobre Maria Tereza e o livro “Negrices em Flor” –
www.edicoestoro.net/nossos-livros/poesia.html.
Sobre César Vieira e o TUOV - www.cesarvieiratuov.com.br.
Sobre o Grupo de Capoeira Angola Omoayê – www.capoeiraangolaomoaye.blogspot.com.
Sobre Ynayara Samuel – pt-br.facebook.com/people/Inayara-Samuel
Sobre Haroldo de Oliveira - www.myspace.com/haroldooliveira.

Por Ney Motta (assessoria de imprensa)

Rio de Janeiro - Teatro

João Cândido do Brasil - A Revolta da Chibata

20 de novembro, sábado às 17h

Grupo paulista com 44 anos de existência, que já teve suas peças assistidas por mais de três milhões de pessoas, apresenta no rio espetáculo sobre a revolta da chibata que completa 100 anos neste mês de novembro.

Visando a divulgação do centenário da rebelião que ficou conhecida como A Revolta da Chibata, a Funarte, com apoio da ABI (Associação Brasileira de Imprensa), convidou o grupo paulista Tuov - Teatro Popular União e Olho Vivo para encenar, no dia 20 de novembro, sábado às 17h, no Auditório Oscar Guanabarindo, na ABI, a peça "João Cândido do Brasil - A Revolta da Chibata", com ingressos gratuitos.

A peça conta a história da liderança do marinheiro gaúcho e afro-descendente João Candido Felisberto que fez com que o movimento rebelde conhecido como A Revolta da Chibata ultrapassasse o episódio ocorrido na marinha de guerra do Brasil, que se desenrolou em novembro de 1910, no Rio de Janeiro, para uma ampla conotação social.

Sobre o trabalho, o autor e diretor César Vieira diz que “o espetáculo estreou em novembro de 2001, no Teatro Municipal de Santo André como resultado de dois anos de pesquisas. Foram mais de 50 obras que direta ou indiretamente, abordaram o tema da rebelião dos marujos negros que em 1910, no Rio de Janeiro, içaram a bandeira encarnada, símbolo da luta por melhores condições de vida. Livros sobre o tema, bem como jornais e revistas da época foram demoradamente estudados. Foi feito um levantamento minucioso dos costumes, músicas e principalmente foi levantada a situação sócio, econômica, cultural e política do período. Mais de 200 fichas levaram ao quadro dramático que resultou no roteiro de encenação, privilegiando o trabalho coletivo.”

Com esta encenação, o Tuov dá continuidade a sua busca de um teatro popular, ajudando a levantar o véu de esquecimento sobre uma das mais importantes páginas de nossa história e reforça o debate sobre a questão racial em nosso país.

João Cândido do Brasil - A revolta da Chibata
ABI - Associação Brasileira de Imprensa (500 lugares). Rua Araújo Porto Alegre 71, Centro - RJ
Informações: 2282-1292. 20 de novembro, sábado, às 17h. Grátis. Única apresentação. Duração: 65 minutos. Classificação: Livre