Bem-estar

BEM-ESTAR

Uma dica pra você

Uma dica pra você

Foto: divulgação

CHÁ QUENTE NAS REFEIÇÕES OU APÓS AS MESMAS

Uma dica pra você

Pare de vez em quando para refletir! Essa é a melhor maneira de entender o mundo! Você tem ao seu redor milhões de motivos para parar, pensar e agir; basta apenas que encontre um tempo para fazê-lo!

• O dia amanhece. E com ele acordam os pássaros que cantam em coro no esplendoroso verde das copas das árvores. Os homens também já se levantam. O relógio gira, o lotação já vai passar. O café quente queima a boca dos que correm atrás do tempo! Também eu passo pelas ruas ... corro ... esbarro em alguém! É a loucura de um dia que começa e que promete ser duro. Os roncos dos motores começam, fábricas, sirenes e a poluição que já tem seu lugar reservado. Tento olhar pro céu ... sinto o sol quente, talvez até bonito, mas o relógio me diz que não há tempo para saudá-lo.

Chego, trabalho, trabalho e trabalho! Doze horas. Corrida maluca outra vez. Comida quente, fria ou nenhuma; apenas o mínimo para que o corpo se mantenha em pé! O trabalho recomeça. O suor ... o cansaço ... a vontade de beber uma xícara de café. E o verde insiste em ser visto. A flor reclama que sua beleza nem foi notada. Nem mesmo a água que engulo para matar a sede não me produz reflexão. Não posso!
O tempo é pouco!
A vida é rápida!

E em meio a essa loucura percebo que a noite começa a chegar; tento pegar o ônibus de volta para casa. O entardecer chega ao fim e a noitinha começa. E com ela a lua aparece linda e dona de todo o universo. Paro! Quero pensar! A cabeça dói, a fome aperta. Sou um operário que luta. Meus filhos esperam-me. Ainda nem lhes vi o sorriso hoje! Mas mesmo assim insisto em refletir, tento ter consciência de que a vida exige algo mais de mim: passei pela natureza e não a admirei; pior que isso, contribuí para que ela sofresse, fosse destruída! Sou um covarde! Na luta pela sobrevivência não me dou conta de que estou destruindo a mim mesmo e a tantos outros que caminham comigo.

A natureza pede socorro; o meio ambiente necessita de cuidados especiais. O respeito deveria existir, mas eu sou um operário e preciso sobreviver! Parem as máquinas! O planeta está em crise! O progresso sufoca o homem!

E aí?
Como unir consciências de que o meio ambiente tem que ser preocupação primordial?
Como?
Natureza ... Perdão!

Caro leitor!
A dica é essa: reavalie suas atitudes e mãos à obra! A natureza precisa de você.

Por Professora Tianinha.
Colégio Legrand