Teatro São Paulo

TEATRO

Dores de Amores

Dores de Amores

Foto: divulgação

Um casal em crise tenta aquecer e reavivar a relação, criando situações hilárias enquanto discute sexo, fidelidade e casamento.

Teatro

Por Adriana Balsanelli / Arteplural Comunicação

Com Melissa Vettore e Otávio Martins, no Teatro Imprensa

Reestreia 19 de fevereiro

Com a bagagem adquirida em suas respectivas trajetórias no teatro, os atores Melissa Vettore (a Amélia da novela Viver a Vida, de Manoel Carlos, Rede Globo) e Otávio Martins (que está no filme Salve Geral) emprestam frescor, atualidade e talento ao texto Dores de Amores, de Leo Lama - sucesso de público na primeira montagem, em 1989.

Dirigida por Naum Alves de Souza, a nova montagem da comédia - que voltou à cena 20 anos depois, em julho de 2009 no Teatro Frei Caneca - reestreia temporada no dia 19 de fevereiro, sexta-feira, às 21 horas, no Teatro Imprensa, depois de excursionar pelo Interior de São Paulo, Macapá e Belém.

Melissa Vettore e Otávio Martins (o casal Luiza e Léo, no seriado Mothern do canal GNT) vivem no palco a relação de um casal moderno, invertem os papéis “homem-mulher” e colocam em cena  a "crise do macho".

A peça se passa em uma noite na vida do jovem casal, que sente as pressões do mundo moderno. Fechados entre quatro paredes, se preparam para enfrentar a sua própria intimidade. Mas naquela noite algo inusitado está prestes a acontecer: uma divertidíssima inversão de papéis. A situação explode em uma discussão sobre sexo, fantasia, fidelidade, traição, psicologia barata, afeto, desejo e casamento. De repente, surge o inesperado: o gesto de amor.

O casal acaba de se mudar para um loft, um espaço novo, onde está tudo dentro de caixas. Em cena, a cama, os livros no chão, um mancebo. No fundo do palco, uma cortina de voil branco. O ambiente provoca uma intimidade, que, no momento, está difícil de ser atingida.  O texto traz à tona os hilariantes conflitos do casal, abordando temas relevantes no mundo de hoje e o novo papel da mulher contemporânea nas relações amorosas.

Primeiro texto do autor (ele tinha 24 anos e hoje tem 44), quando estreou em 1989, Dores de Amores - que rendeu os prêmios Molière e APCA de Melhor Texto - tinha no elenco Malu Mader e Taumaturgo Ferreira. A peça ficou cinco anos em cartaz em Capitais do Brasil e na Argentina, levando ao teatro um público estimado de um milhão de pessoas.

DORES DE AMORES - Com Melissa Vettore e Otávio Martins.
Direção, Cenário e Figurino
: Naum Alves de Souza.
Autor: Léo Lama. Stand In: Nathália Rodrigues.
Iluminação: Wagner Freire.
Assistente de Direção, Cenário e Figurino
: Marcello Jordan.
Fotografia: Alexandre Catan.
Direção de Produção: Ed Júlio.

Local: Teatro Imprensa (452 lugares)
Endereço: Rua Jaceguai, 400. Informações:  (011) 3241- 4203
Bilheteria: de terça a domingo a partir das 14h
Horário(s): sextas e sábados, às 21h e domingo, às 19h
Data(s):
reestreia 19 de fevereiro
Preço(s): Sextas e domingos a R$ 30,00 e sábados a R$ 40,00.
Bairro: Bela Vista
Classificação: 16 anos
Duração: 60 Minutos
Formas de pagamento - Aceita pagamento em dinheiro, cheques e cartões de débito.
Ticketmaster www.ticketmaster.com.br.

Assessoria de Imprensa
ARTEPLURAL Comunicação
Jornalista responsável - Fernanda Teixeira
fernanda@artepluralweb.com.br www.artepluralweb.com.br

Navegue por NossaDica

Copyright © 2007 • Nossadica • Todos os direitos reservados • Mapa do siteWebMasterHostDica Serviço de Internet