Teatro São Paulo

TEATRO

Festival de Comédias

Festival de Comédias

Foto: Samantha Dalsoglio

Teatro União Cultural

Festival de Comédias traz Eduardo Martini
em quatro peças no Teatro União Cultural

Estreia dia 7 de janeiro de 2010

Por Adriana Balsanelli / Arteplural Comunicação

O ator mostra versatilidade e fôlego em quatro
espetáculos diferentes. Entre as peças, está a inédita As 10
Maneiras Incríveis de Como Destruir seu Casamento

Com quatro espetáculos por semana, de quinta a domingo, o ator Eduardo Martini promove o Festival de Comédias, no Teatro União Cultural. A inédita As 10 Maneiras Incríveis de Destruir seu Casamento abre a programação dia 7, quinta-feira. Na seqüência, I Love Neide reestreia dia 8, sexta-feira, seguida de Até que o Casamento nos Separe, que volta em temporada a partir do sábado, dia 9. Na Medida do Possível - A Comédia da Crise do Homem de 40 anos reestreia nodomingo, dia 10.

Idealizado pelo ator, autor e diretor Eduardo Martini, que está em cena nas quatro peças, o público poderá conferir sua versatilidade, além de se divertir a um preço acessível. “A experiência anterior com I Love Neide me inspirou. Senti a necessidade de entreter mais o público”, conta o ator.  Eduardo revela que cada espetáculo é uma situação diferente. “As peças são totalmente isoladas e falam de assuntos parecidos, mas de uma forma totalmente diferente. É divertido demais poder contar todas essas historias de uma vez só.”

Além de atuar, Eduardo dirige duas peças, Até que o Casamento nos Separe e As 10 Maneiras de Como Destruir seu Casamento. Clarisse Abujamra dirige I Love Neide e Marcelo Saback, Na medida do possível. “É uma equipe muito coesa e todos falam a mesma língua”, ressalta Eduardo.

Mesmo familiarizado com os personagens – algumas peças já estão em cartaz há mais de três anos –, Eduardo está ansioso para ver o resultado das quatro peças apresentadas no mesmo final de semana. A preparação do ator passa por aulas de pilates, aulas de dança e exercícios diários para voz. “Será que eu vou misturar Neide com o Adamastor quarentão? Tomara que não!”, se diverte.

As 10 Maneiras Incríveis de Destruir seu Casamento - Estreia
Com direção de Eduardo Martini e texto de Sergio Abritta, o espetáculo estreia no Festival de Comédias. No palco, Eduardo Martini, Luciana Riccio, Vivi Alfano e Bruno Albertini se revezam em 31 personagens que desfilarão toda sua complexidade num espetáculo divertido e multimídia. Em dez cenas, a peça mostra dez maneiras inusitadas e diferentes de como pôr um ponto final no casamento.

Eduardo conta que sentiu necessidade de dividir o palco com outros atores depois de tanto tempo fazendo monólogos. “Quando eu comecei a procurar textos, fui apresentado ao Sergio Abritta e posso garantir que faria qualquer texto dele”. Em cena nos revezamos em vários personagens e isso é um exercício delicioso”, diz

I Love Neide - Reestreia
Com texto de Marcelo Saback e Pablo Diego e direção de Clarisse Abujamra, a peça acompanha a trajetória de Neide Boa Sorte, uma psicóloga que destila o seu (mau) humor quando trata de assuntos como a sinceridade feminina, casamento, família, comportamento etc. Desde o encontro com seu futuro marido, Waldisney (batizado assim em homenagem a Walt Disney), suas consultas como psicóloga, sua hilária viagem a Salvador, onde por acidente vai parar no trio elétrico de Carlinhos Brown até a descoberta de seus talentos como radialista e conselheira, além de sua experiência surreal em uma rave.

O ator convidou Clarisse Abujamra para a direção, pois sentiu necessidade de uma opinião externa. “A Clarisse foi escolhida por ter total sintonia comigo. Eu adoro o trabalho dela e já estamos planejando montar uma comédia americana.”

Até que o Casamento nos Separe - Reestreia
O ator divide a direção e dramaturgia com Cris Nicolucci na peça que conta a história de um casal que está junto há 20 anos. Eduardo Martini e Vivi Alfano são Otávio e Maria Eduarda que, com a maior sinceridade, abrem sua vida, cheia de comédia, contrapontos e riqueza de detalhes. "Fica absolutamente impossível não se identificar e não morrer de rir", aposta Eduardo.

Eduardo encara a peça como um presente. “Comecei a escrever esse texto com a Cris Nicolotti por email. Depois de  um mês já estava tudo pronto. Dividir tudo foi delicioso.” Eduardo festeja poder voltar em cartaz agora com a Vivi Alfano, sua amiga de 20 anos. “Estou conseguindo reaver muita coisa.”

Na Medida do Possível - Reestreia
Com direção de Marcelo Saback, o texto de João Batista, Léo Jaime e Carlos Góes, trata da crise dos homens de 40 anos. Eduardo Martini é Adamastor, que, em quatro quadros, dá vida a um homem solteiro, casado, viúvo e separado. O espetáculo é uma resposta bem-humorada aos livros, peças e filmes sobre o universo feminino. Em tom de comédia, a peça enfoca a sensibilidade masculina e os preconceitos que a sociedade ainda tem.

O texto marcou a estreia do ator em monólogos. “Quando fiz 40 anos, queria me dar um presente: mudar tudo na minha vida, e resolvi fazer um espetáculo solo", conta Eduardo. O ator convidou, então, Marcelo Saback para a direção. “Como o Marcelo é um diretor muito sensível e talentoso, a montagem emociona a todos.”

Sobre Eduardo Martini
O ator e bailarino paulistano Eduardo Martini, desde os 16 anos atua, dança, canta, dirige e produz espetáculos, principalmente nos palcos cariocas. Depois de participar do musical Não Fuja da Raia, de Silvio de Abreu, com direção de Jorge Fernando, voltou a São Paulo com a comédia Na Medida do Possível, que foi sucesso de público.

Depois de cursar a Actor's Studio e a prestigiada Alvin Ailey American Dance Theater de Nova York, o ator se destacou nos espetáculos Tango, Bolero e Chá, Chá, Chá e Quem tem medo de Itália Fausta, entre muitos outros. Na TV, fez o apresentador da Gafieira da novela O Clone, além de participações na Escolinha do Professor Raimundo e Os Normais, entre outros.

Mas foi no programa É Show, com Adriane Galisteu, que ficou conhecido do grande publico. Depois, uma participação no programa da Hebe Camargo criou a personagem Neide Boa Sorte, sucesso de publico que há 3 anos lota teatros por onde passa.

Festival de Comédias com Eduardo Martini no Teatro União Cultural
Ingressos - R$ 30,00 e R$ 15,00. Indicação etária - 14 anos. 

As 10 Maneiras Incríveis de Destruir seu Casamento - Estreia dia 7 de janeiro, quinta-feira às 21h. Texto: Sergio Abritta. Direção: Eduardo Martini. Elenco: Eduardo Martini, Luciana Riccio, Vivi Alfano e Bruno Albertini. Duração: 90 minutos. Temporada – Quintas, às 21 horas. Até 28 de janeiro.

I Love Neide - Reestreia dia 8 de janeiro, sexta-feira, às 21h. Texto - Marcelo Saback e Pablo Diego. Direção - Clarisse Abujamra. Com – Eduardo Martini. Duração – 90 minutos. Temporada – Sextas, às 21 horas. Até 29 de janeiro.

Até que o Casamento nos Separe - Reestreia dia 9 de janeiro, sábado, às 21h. Direção e Texto – Eduardo Martini e Cris Nicolucci. Elenco – Eduardo Martini e Vivi Alfano. Duração – 80 minutos. Temporada – Sábados, às 21 horas. Até 30 de janeiro.

Na Medida do Possível – Reestreia dia 10 de janeiro, domingo, às 19h30. Direção - Marcelo Saback. Texto - João Batista, Léo Jaime e Carlos Góes. Com Eduardo Martini. Duração – 70 minutos. Temporada – Domingos, às 19h30. Até 31 de janeiro. 

Teatro União Cultural – Rua Mario Amaral, 209. Paraíso. Telefone 2148 2900 / 2148 2904. Capacidade: 262 lugares. Horário de funcionamento da bilheteria: de terça a domingo, das 14h às 22 horas. Aceita os cartões: Visa, Máster e Diners. Possui acesso para deficientes e ar condicionado. Estacionamento conveniado na Rua Teixeira da Silva, 560 a R$10,00.

Assessoria de Imprensa
Jornalista responsável - Fernanda Teixeira
ARTEPLURAL Comunicação
fernanda@artepluralweb.com.br www.artepluralweb.com.br
adriana@artepluralweb.com.br