Agenda Cultural Rio

AGENDA CULTURAL - RIO DE JANEIRO

"O MENINO E O POETA" de Luiz Duarte

Foto: Luiz Duarte (diretor)

Calçadão da praia de Copacabana, em frente à Rua Rainha Elizabeth

Por Luiz Duarte

O MENINO E O POETA

03 julho de 2010 - Praia de Copacabana

Após muitas idas e vindas, o filme “O MENINO E O POETA” terá sua estréia oficial no dia 03 de julho próximo na praia de Copacabana.

O MENINO E O POETA é um filme de curta-metragem do prestigiado dramaturgo e diretor Luiz Duarte, que traz na sua bagagem a quantidade significativa de 391 documentários produzidos e dirigidos – na maior parte, científicos e educacionais (vide listagem abaixo), além de premiações importantes como o Prêmio Jabuti na literatura, e o Prêmio Mambembe de teatro por três vezes.

O filme será lançado oficialmente dia 03 de julho (sábado) em evento gratuito aberto ao público, com projeção do filme em 06 exibições contínuas e de maneira ininterrupta em telão, na areia da Praia de Copacabana, atrás da estátua de Drummond, das 20h às 22h. O filme já teve sua primeira exibição internacional durante o último festival LOS ANGELES BRAZILIAN FILM FESTIVAL - LABRFF 2010. Para o diretor, o evento é uma forma de mostrar o filme para o grande público, já que não existe um mercado formal para o curta-metragem.

O MENINO E O POETA é um filme de curta-metragem do dramaturgo e diretor Luiz Duarte. O filme, com16 minutos de duração, mostra o início da amizade de um menino de rua, com o poeta Carlos Drummond de Andrade, representado por sua escultura (estátua) que existe na orla da praia de Copacabana, e que hoje se transformou em ponto turístico do bairro. No filme a escultura ganha vida para o menino, e passam a conversar sobre diversos assuntos, onde a vida, a morte, e a própria poesia são temas centrais. Para o autor e diretor do filme, O menino e o poeta, é um exercício de poesia audiovisual e uma homenagem ao poeta Carlos Drummond de Andrade.

FATO INÉDITO: Independentemente do conteúdo poético e cinematográfico, a grande notícia é que com essa produção Luiz Duarte faz uma extraordinária inovação e contribuição para a dramaturgia no cinema. Pela primeira vez na história audiovisual, a voz de uma personagem ficcional (falas que o texto exigia) foi inteiramente recriada digitalmente a partir de amostras da voz da verdadeira personagem (voz verdadeira de Carlos Drummond de Andrade). Foi preciso quase um ano de trabalho, para que o diretor pudesse desenvolver a técnica e fazer com que o próprio poeta Drummond, “falasse” as suas falas escritas no roteiro. Mais informações em www.luizduarte.com

A necessidade que motivou o diretor a desenvolver essa técnica inédita, foi o fato de que qualquer outra voz (que não fosse a do próprio Drummond), iria soar falsa durante a conversa do poeta com o menino. Por conta dessa grande inovação, Luiz Duarte comenta, brincando: “Não sei porque Steven Spielberg ou George Lucas não tiveram essa idéia, e ainda não fizeram isso até hoje. Que bom que fiz primeiro!”.

A personagem do menino é interpretada por Wallace Coutinho de Souza, escolhido por Luiz, depois de fazer testes entre crianças do projeto “Nós do Morro” no Vidigal.

O Menino e o Poeta é um filme bastante autoral. Além de assinar o roteiro e a direção, Luiz Duarte assina também a fotografia, edição, e a composição da música com partituras originais. Uma das razões que forçou uma equipe tão reduzida, foi a necessidade produzir o filme absolutamente sem recursos, apoios ou patrocínio

INFORMAÇÕES ADICIONAIS:

Story-line do filme:

Um menino de rua, é interpelado pela escultura do poeta Carlos Drummond de Andrade, com quem inicia uma grande amizade. A vida, a morte, e a própria poesia, são assuntos de suas conversas. Ao final, inspirado pela própria conversa, o menino modifica sua relação com o mundo ao seu redor.

Documentários produzidos/dirigidos por Luiz Duarte:

Documentários Científicos: 41 documentários
Documentários Educacionais: 103 documentários
Documentários de Saúde: 50 documentários
Documentários Institucionais: 13 documentários
Documentários de treinamento: 184 documentários

O MENINO E O POETA
(Seleção de falas do roteiro ditas pelo Poeta, escritas por Luiz Duarte)

Não ou nem de carne nem de matéria... Apenas versos... Escultura de sono, do sono universal...

O tempo foi minha matéria, e ainda é a minha matéria, o tempo presente, o tempo futuro. Freqüento os dias como que homens de vidro imaginários, a ignorar o tempo por um nada...

Os jornais levam a linguagem e os acontecimentos, os homens tecem a notícia...

Viajei para a verdade, mas ainda não vivi o escuro, o escuro das coisas... A verdade me apagou... Desaprendi o grito... Se eu gritasse... se eu gritasse...

Libertaram minhas mãos, mas não minhas esperanças... Viajei na vida, escutei as suas discussões...

A fome lavra a história... A verdade lavra a história... Habitar a história é o que importa, ainda que não presente na festa dos versos...

Morre... morre... mas morre só por agora... Morrer é apenas o nada, já que seu futuro é a vida...

DATA: DIA 03 DE JULHO (sábado) - 2010
HORÁRIO: a partir das 20h (06 exibições até 22h)
LOCAL: calçadão da praia de Copacabana, em frente à Rua Rainha Elizabeth
INGRESSO: Gratuito (Classificação: Livre)