JPG Oferta da Semana 300x250 VI

TEATRO - RIO DE JANEIRO

Fragmentos

Fragmentos (livremente inspirada no livro de Roland Barthes

Foto: Guga Melgar

Roteiro de teatro

Por Mário Fernandes e Valentina Assessoria de Comunicação & Marketing

Fragmentos (livremente inspirada no livro de Roland Barthes, Fragmentos de um discurso amoroso)

08 de outubro a 13 de novembro de 2011, no teatro Oi Futuro do Flamengo

O espetáculo Fragmentos com Bianca Joy Porte e Fabrício Belsoff estreia, no próximo dia 08 de outubro (sábado), no Teatro Oi Futuro (Flamengo). Com direção de Fernanda Félix e João Paulo Cuenca, o texto, baseado no clássico do francês Roland Barthes, propõe a construção de uma história de amor a partir da criação de nove autores brasileiros contemporâneos (Alessandra Colasanti, Bruna Beber, Felipe Bragança, Fernanda Félix, Keli Freitas, João Paulo Cuenca, Lucas Paraizo, Ramon Mello e Vitor Paiva).

“Fragmentos” não trata apenas da relação amorosa entre um homem e uma mulher, mas da sua invenção diária. Toda história de amor é metalinguagem pura – é a história de uma história de amor, que contamos ao mesmo tempo em que a vivemos. O espetáculo teatral apresenta um panorama de momentos dessa relação inventada: são frames possíveis, histórias pela busca do entendimento do outro e do que somos quando vivemos em estado de amor. “Fragmentos” é memória, desejo, ruptura: o encontro de duas pessoas absolutamente diferentes que desejam criar um universo comum. É a tentativa de, a partir da potência de um casal, re-inventar as nossas diversas vivências amorosas – e a nós mesmos.

Foi pedido a cada autor que escolhesse um verbete do livro e se inspirasse livremente para escrever uma cena. A criação do conceito partiu da coletividade, cada vez mais presente e funcional, no teatro contemporâneo. O texto traz à luz discussões que estão além do tempo: o comportamento humano, as oscilações do indivíduo em estado amoroso, a intransigência amorosa, a latência da paixão e a iminência da perda. O objetivo dessa estrutura é reproduzir o processo de construção do texto do Roland Barthes que se debruça sobre a linguagem (o fragmento do discurso amoroso) a partir de citações a romancistas e filósofos de todas as épocas, utilizando também suas próprias experiências como micro-narrativas exemplo.

O projeto, idealizado pela produtora e atriz Bianca Joy Porte e pelo escritor João Paulo Cuenca, com patrocínio da Oi e Secretaria de Estado de Cultura através da Lei Estadual de Incentivo à Cultura do Rio de Janeiro, tem roteiro final assinado pela dupla de diretores: João Paulo Cuenca e Fernanda Félix. Ambos se cercaram de uma ficha técnica de respeito. Além da participação dos atores e outros autores na construção do texto, o trabalho traz ainda cenário de Aurora dos Campos, trilha sonora de Vitor Paiva, iluminação de Tomas Ribas, figurino de Thanara Schönardie e direção de movimento de Renato Linhares.

Sinopse

Fragmentos é um espetáculo baseado no clássico do francês Roland Barthes que propõe, com um olhar contemporâneo, a construção de uma história de amor a partir da criação de novos autores brasileiros.

Sobre o autor:

O escritor, semiólogo e teórico francês Roland Barthes nasceu em 1915 em Cherbourg, e se formou em Literatura Clássica e Filologia pela Sorbonne. Considerado um dos mais importantes pensadores do século XX, Barthes debruçou-se sobre a crítica das atitudes sociais e cotidianas e trabalhou em uma ciência geral dos signos. Com sua afirmação de que a unidade do texto não se encontra na origem, mas em sua destinação, ele defendeu o leitor e o crítico como criadores, junto com o autor, do sentido do texto. Morreu em 1980, atropelado em uma rua de Paris. Entre seus vários livros podemos citar O grau zero da escrita (1953), Mitologias (1957), Elementos de semiologia (1964), Crítica e verdade (1966), O prazer do texto (1973), Fragmentos de um discurso amoroso (1977) e A câmara clara (1980).

Textos: Alessandra Colasanti, Bruna Beber, Felipe Bragança, Fernanda Félix, Keli Freitas, João Paulo Cuenca, Lucas Paraizo, Ramon Mello e Vitor Paiva.
Direção e Dramaturgia: Fernanda Félix e João Paulo Cuenca.
Elenco: Bianca Joy Porte e Fabricio Belsoff.

Fragmentos - Teatro Oi Futuro (84 lugares). Rua Dois de Dezembro, 63 – Flamengo. Sexta, sábado e domingo (até o dia 13 de novembro de 2011) Horários: sexta e sábado – 19h30h; domingo, às 19h. Telefone: (21) 3131-3060. Ingresso: R$15,00 (estudantes e idosos mediante apresentação da documentação pagam meia entrada). Horários de funcionamento da bilheteria do teatro: De terça a domingo, das 11h às 20h.