Home / Agenda Cultural Rio de Janeiro / Hoje na Lapa – Shows de Samba na Lapa Ouvir e Dançar

Hoje na Lapa – Shows de Samba na Lapa Ouvir e Dançar

Grupo: Gafieira na Surdina
Grupo: Gafieira na Surdina

Programação Rio Scenarium na Lapa

Dia 13, terça-feira
19h30 Papagaio Sabido
Alan de Deus – percussão e voz / Diego Moreira – violão e voz / Pedro Santos – pandeiro e voz / Thiago Gama – cavaco e bandolim / Guilherme Pimenta – violino
O Papagaio Sabido projeta sua identidade na criação autoral enquanto reproduz grandes autores do cancioneiro nacional. Tendo recebido muito carinho do público que o assiste, o grupo ganha tônus de sucesso,almejando com isso, vôos cada vez belos e altos!
22h30 Roberta Espinosa e Tropical Nova
Marlon Mouzer – violão / Emile Saubole – bateria / Berval Moraes – baixo / Roberta Espinosa – voz
O trio Tropical Nova adentra 2016 com mais uma novidade, O lançamento do Cd Roberta Espinosa Deixa Chegar. Além do tradicional set em homenagem aos musos Caetano Veloso e Gilberto Gil, O Trio em seu primeiro Set faz releituras de sambas clássicos e tb músicas que estão no primeiro cd de Roberta Espinosa. Um show pra quem gosta de dançar junto ou separado e cantar também, mas sobretudo um show que conta a história dessa carioca que nesse ano completa 10 anos de carreira.

Dia 14, quarta-feira
19h30 Fhernanda Fernandes
Fhernanda Fernandes – voz e violão / Felipe Poli – violão e guitarra / Adriano Giffoni – baixo / Helbe Machado – bateria
A cantora apresenta o melhor do samba e passeia pela obra de grandes compositores brasileiros. Com a direção musical do guitarrista Felipe Poli, essa filha de Vila Isabel vai colocar o público para sambar muito!
22h30 Gafieira na Surdina
Bruno Repsold – baixo / Denize Rodrigues – sax e flauta / Diogo Gomes – trompete / Dudu Viana – piano / Ramon Murcia – percussão / Renato Endrigo – bateria / Roberta Lima – voz
Na estrada desde 2007, o grupo “Gafieira na Surdina” une a tradição do Samba de Gafieira ao improviso do jazz em arranjos que agradam pés e ouvidos! Com um show super “pra cima” clássicos de Noel, Cartola, Jobim e Ivone Lara se fundem com sucessos de compositores da nova safra da MPB.

Dia 15, quinta-feira
19h30 Thiago Genthil
Thiago Genthil – voz e violão / Cristiano Galvão – bateria / Rodrigo Villa – baixo / Fernando Merlino – teclado
Após lançar seu CD autoral, o cantor, compositor e multi-instrumentista Thiagu Gentil vem com um show em novo formato. No repertório músicas como Água de beber, Deixa e Tempero, passeando pelo samba, groove e bossa-nova.
22h30 Marcelinho Moreira
Marcelinho Moreira – voz e repique / Alessandro Cardozo – cavaquinho / Diogo Cunha – violão / André Siqueira – pandeiro e caixa / Jorge Quininho – surdo / Fabio Marechal – tantan
“Para quem quiser saber o que anda rolando no samba contemporâneo basta ouvir Marcelinho Moreira. Seu show, “”Canto do Batuqueiro”” é uma espécie de resumo, ou melhor, síntese do samba carioca de fato, nem o purismo nostálgico e arrogante do chamado “”samba de raiz”” nem a diluição do pagode romântico mais safado. É samba, só, por quem sabe fazer, é herdeiro dos grandes baluartes mas tem a sensibilidade no presente e o olho no futuro do gênero.
Na escolha do repertório, nas letras, nas parcerias tudo leva a essa ideia de síntese do que é fazer samba hoje no Rio de Janeiro. Num show fiel à sua escola, a do partido alto carioca reinventado por Martinho da Vila e continuado pela Geração Cacique de Ramos, Marcelinho Moreira mostra a sua cara. E reafirma de forma muito feliz sua fé. No batuque, claro. ”
Salão Anexo
00h00 Dj Marcello Sabre
O DJ residente da casa aposta em remixes dançantes de música popular brasileira, com músicas de Vanessa da Matta, Monobloco, O Rappa, Marcelo D2 e outros sucessos da MPB dançante.

Dia 16, sexta-feira
20h00 Samba do Miranda
Thiago Miranda – voz, violão, pandeiro e surdo mecânico / Mariana Assis – pandeiro, tamborim, chocalho e efeitos / Herbert Silva – cavaquinho / Leonardo Mendes – tantam, caixa, congas, tamborins e efeitos
Thiago Miranda e seus parceiros de samba passeiam, com uma sonoridade própria, por canções dos primórdios do samba e derivados, mas também flertam com o que há de mais contemporâneo dentro desses estilos, sem perder a raíz. Nomes como Noel Rosa, Cartola, Martinho da Vila, Zeca Pagodinho, João Nogueira, Casuarina e Roberta Sá, ilustram essa versatilidade.
23h00 Nelson Félix
Nelson Felix – cantor / Lúcio Rodrigues – violão de 7 cordas / Leonardo Pereira – cavaquinho e voz / Wagner Pires – trombone / Peterson Vieira – pandeiro, caixa e voz / Jorge Alexandre – tantãn, cuica e voz / Marcos Antônio – surdo, efeitos e voz / Zezinho Gotelipe – bateria / PC – percussão
Por seu notório talento vocal, habilidade como intérprete, alto astral, energia contagiante, repertório e performance de palco, Nelson Felix ou apenas “Nelsinho” é hoje um dos destaques da nova geração do samba. Filho do grande músico percussionista Eliseu Felix, vem ganhando justo reconhecimento da crítica e dos fãs.
03h30 Forró com Trio Aba de Couro
Netinho Ferreira – triângulo e voz / Sussu Farias – zabumba e voz / Dudu Pereira – sanfona e voz
Netinho Ferreira é músico e instrumentista e fundou o Trio Aba de Couro. O grupo defende, com orgulho, o autêntico pé de serra e, com sua batida simples e marcante, deixa gravada a simpatia, humildade e musicalidade por onde passa.
Salão Anexo
00h00 Dj Marcello Sabre
O DJ residente da casa aposta em remixes dançantes de música popular brasileira, com músicas de Vanessa da Matta, Monobloco, O Rappa, Marcelo D2 e outros sucessos da MPB dançante.

Dia 17, sábado
20h00 Marcos Novatto e Groove Pimenta
Marcelo Freitas – baixo / Edno Junior – bateria / Marcos Moraes – trombone / Marcelo Sisto – baixo
Misturando tradição e contemporaneidade, Marcos Novatto e a trupe do Groove Pimenta visitam grandes nomes do nosso cancioneiro popular e passeiam por um repertório feito com obra de mestres como Noel Rosa, Chico Buarque, Jorge Ben Jor, Seu Jorge, Bebeto, Luiz Gonzaga, e de muitos outros bambas do nosso cenário musical, e fazem com esses um baile brasileiro com grandes clássicos do samba, xote e sambalanço.
23h00 Toca na Surdina
Juliana Oliveira – voz / Marquinho OSócios – voz e violão / José Carlos Trompete – trompete / Luiz Otávio – teclado / Emerson Matheus – baixo / Ronaldo Silva – bateria / Jhonson de Almeida – trombone.
O grupo traz uma mistura bem azeitada de samba e pop, com destaque para os sopros bem suingados e uma participação muito especial de “Marquinho, o Sócio”.
03h30 Forró com Trio Aba de Couro
Netinho Ferreira – triângulo e voz / Sussu Farias – zabumba e voz / Dudu Pereira – sanfona e voz
Netinho Ferreira é músico e instrumentista e fundou o Trio Aba de Couro. O grupo defende, com orgulho, o autêntico pé de serra e, com sua batida simples e marcante, deixa gravada a simpatia, humildade e musicalidade por onde passa.
Salão Anexo
22h30 Blood Mary & The Munsters
Vocal (Bloody Mary – Mariana Oliveira), baixo acústico (Zombie – Marcus Ramalho), piano (Doctor Beast – Daniel Bessa), sax e flauta (Madness – Lincoln Castro), trompete (Crocodile Louis – Iury Hainfellner), bateria (The Raven – Eduardo Manu) e guitarra (Filkenstein – Felipe Braga). A produção é de Rafael Mose, da Osmose Produções.
“A BLOODY MARY & THE MUNSTERS é uma banda focada no clima retro, agregando todos os aficionados pela cultura vintage, mostrando e vivenciando mais uma vez essa história e tendo a chance real de apresentá-la aos mais novos que só a viam através de filmes e revistas. A sonoridade do grupo caminha dentro do estilo rockabilly, no repertório estão presentes clássicos eternizados por Frank Sinatra, Nat King Cole, Etta James, músicas dos anos 20 até Beatles, como também sucessos mais recentes de Madonna, Lady Gaga, Pharrell Williams, entre outros, sempre com arranjos originais e fieis ao estilo da banda.
O compromisso é trazer de volta o rockabilly, expressão cultural que marcou a geração da época e caminha fortemente até hoje. Você vai ouvir música para dançar, para cantar junto, para chorar, para sorrir, para fazer aquela cara de quem não escuta isso há anos, para lembrar do bom e velho toca discos e tudo isso dentro de um clima trazido pelos carros antigos, motos retro, pin-ups, rockabillys e rockabellas, penteados estilosos.
Pois é essa a proposta da Bloody Mary & The Munsters, ou seja, resgatar as grandes pérolas da música universal, fazendo a trilha sonora dessa viagem de volta ao passado.
Nos últimos anos a Bloody Mary & The Munsters se apresentou em diversos eventos, entre eles estão o Festival de Jazz de Rio das Ostras (2015), Ostras Cycle (2015), Reveillon da Praia de Icaraí (2014), BH Week (2015), Casa Julieta Di Cerpa (2015), além de apresentações em casamentos, encontros de motos e carros antigos, formaturas, bares, etc.”
00h00 Dj Marcello Sabre
O DJ residente da casa aposta em remixes dançantes de música popular brasileira, com músicas de Vanessa da Matta, Monobloco, O Rappa, Marcelo D2 e outros sucessos da MPB dançante.

Rio Scenarium
Endereço: Rua do Lavradio, 20. Centro Antigo – Rio de Janeiro/RJ.
Horário de abertura da casa: Terça a quinta feira, 18h30; Sexta, 19h; Sábado, 20h.
Ingresso: de terça a quinta, R$35; Sexta, R$45; Sábado (vésperas de feriados e datas especiais), R$50.
Promoção Desconto Carioca: ingressos com R$15 de desconto para quem nasceu ou mora no estado do Rio de Janeiro (mediante comprovante).
Reservas: (21) 3147-9000. www.rioscenarium.com.br

Check Also

XVI FESTIVAL DA MPB EM MAGÉ

Movimento cultural independente oriundo do UPCM-Unidos Pela Cultura de Magé cujo objetivo é revelar e …

Deixe seu comentário