NossaDica.com - Agenda de cultural do Brasil

Dicas de Shows - Sesc Pompeia

Paulinho Boca de Cantor lança CD dedicado ao forró na Choperia do Sesc Pompeia

Paulinho Boca de Cantor

Beto Guedes | Foto: divulgação

Por Douglas Picchetti / Arteplural

Na apresentação, o lendário cantor e compositor interpreta clássicos dos Novos Baianos, como Brasil Pandeiro, Preta Pretinha e Besta É Tu, além de vários forrós autorais de seu novo disco e medleys de nomes tradicionais do gênero como Luiz Gonzaga, Jackson do Pandeiro, Jacinto Silva, entre outros.

Ritmo apreciado internacionalmente e tocado nas pistas de dança de Nova York, Tóquio, Paris e muitas outras cidades pelo mundo, o forró, antes identificado apenas regionalmente nas festas juninas do nordeste brasileiro, é agora a marca principal e a inspiração do novo disco de Paulinho – dedicado inteiramente ao gênero.

O disco conta com participações especiais de nomes tradicionais, como a parceria com Luiz Caldas na canção-homenagem aos 100 anos de Gonzagão, Se Seu Luiz Estivesse Vivo e a participação de Carlinhos Vergueiro, no bem humorado Xote Cardiovascular, além de canções com o compositor baiano Jair Luz.

Boca de Cantor foireconhecido ao fundar em 1969 o grupo Novos Baianos, ao lado dos cantores e instrumentistas Pepeu Gomes, Baby Consuelo e Moraes Moreira. O grupo condensava vários ritmos musicais brasileiros, como o baião, o frevo, o choro, o rock’n’roll e a bossa nova e teve um de seus dez álbuns, AcabouChorare, eleito o melhor disco da história da música brasileira, segundo publicações especializadas como a Rolling Stone.

Após a dissolução do grupo em 1979, o cantor partiu para carreira solo com o lançamento de seu primeiro disco, Paulinho Boca de Cantor – Bom de Chinfra e Bom de Amor, com parcerias de Gilberto Gil, Zé Ramalho e Luiz Galvão. Mais tarde, em 1981, alcançou notoriedade ao lançar Valeu, um dos álbuns de produção independente mais vendidos do Brasil.

Responsável por alguns dos maiores clássicos do forró como Na Janela e No Portão, Forró do H Radinho, Forró em Cachoeira, Esquentei Meu Coração e Rancheira, Paulinho estendeu seu interesse pela música brasileira de raiz ao campo da história, passando a desenvolver um trabalho de pesquisa da historiografia da música brasileira – fundando, também, Associação Bahiana de Artistas Independentes.

INFORMAÇÕES
Datas: 22 de novembro de 2012 | Horários: quinta-feira, às 21h30
R$ 16,00 (inteira); R$ 8,00 (usuário matriculado no SESC e dependentes, +60 anos, estudantes e professores da rede pública de ensino). R$ 4,00 (trabalhador no comércio e serviços matriculado no SESC e dependentes).

LOCAL - SESC Pompeia - Choperia (800 lugares). Classificação etária: 18 anos
Rua Clélia, 93, Pompéia. Telefone. 11 3871-7700. www.sescsp.org.br

Danilo Brito traz improviso e virtuosidade do choro para o Sesc Pompeia com o Chorando na Choperia

Danilo Brito

Beto Guedes | Foto: Thiago Meyer

Por Douglas Picchetti / Arteplural

Técnica, interpretação, habilidade e improviso estarão presentes na apresentação que une músicos cariocas e paulistas do choro. Danilo Brito é uma das referências do estilo que começou a dominar quando tinha 5 anos

A virtuosidade da música brasileira, a técnica por meio de instrumentos como bandolim, violão, flauta, pandeiro, aliada ao improviso e o lirismo em cada nota executada. Essa é a atmosfera da apresentação de Danilo Brito e Conjunto, que acontece domingo, 18 de novembro às 18h30 no Sesc Pompeia. Mais uma atração do projeto Chorando na Choperia, que traz revelações e nomes consagrados do choro com ingressos gratuitos nas tardes do mês.

Nos palcos, Danilo Brito é acompanhado por músicos do Rio de Janeiro e São Paulo como João Camarero (violão 7), Carlos Moura (violão), Antonio Rocha (flauta), Yuri Reis (cavaco) e Rafael Toledo (pandeiro). O repertório é composto de músicas de seus discos, versões para sucessos de ícones consagrados como Pixinguinha, além de canções inéditas.

“Essa é uma iniciativa que vai promover um verdadeiro intercâmbio do choro. Uma festa da música brasileira, para amantes desse estilo e do puro sentimento. O choro é a mais pura expressão de espontaneidade da música no país. Durante o show, a experiência permite que se realize o improviso de maneira coesa e enriquecedora”, ressalta Danilo Brito.

Além de ser um bandolinista autodidata, Danilo também toca cavaco, violão tenor, violão e estuda a música popular brasileira instrumental. Foi vencedor do 7º Prêmio Visa – Edição Instrumental (2004). Lançou 4 discos em sua carreira: Moleque Atrevido, Perambulando, Sem Restrições e Homenagem aos 50 Anos de Luizinho 7 Corda.

O músico começou a tocar aos 5 anos, ouvindo os LP’s do pai, depois frequentando rodas de choro tradicionais. Suas primeiras apresentações profissionalmente aconteceram aos 13 anos. Foi vencedor do Prêmio Visa de melhor instrumentista do Brasil com 19 anos de idade.

Fez diversas apresentações internacionais e fundou a própria produtora em 2008, dedicada à música instrumental brasileira. “A música permite expressar os sentimentos mais ocultos, coloca em evidência algo que até difícil explicar em palavras”, finaliza Danilo.

INFORMAÇÕES - Chorando na Choperia – Danilo Brito e conjunto
Datas: 18 de novembro de 2012 | Horários: domingo, às 21h30
Preço: Grátis. Retirar ingressos com uma hora de antecedência.
Classificação etária: 18 anos

LOCAL - SESC Pompeia - Choperia (800 lugares).
Rua Clélia, 93, Pompéia. Telefone. 11 3871-7700. www.sescsp.org.br

Entre as rimas e as batidas do rap, Rashid lança disco no Sesc Pompeia

Rashid

Rashid | Foto: divulgação

Por Douglas Picchetti / Arteplural

Diretamente do bairro Lauzane, zona norte de São Paulo, entre rimas e as batidas do rap, Rashid apresenta seu novo trabalho de estúdio, Que Assim Seja, com uma apresentação na quinta-feira, 15 de novembro às 19h na Choperia do Sesc Pompeia. O show integra a programação do projeto Plataforma, criado pelo Sesc para promover o lançamento de discos. No show haverá a participação especial de Projota, Ogi e Flora Matos, que também compôs o refrão da música que dá título ao disco.

O álbum traz composições que abordam assuntos como política, Brasil, amizades, amor e música. O rapper teve até duas indicações ao maior prêmio musical da TV, o VMB, nas categorias de Artista Revelação e Hit do Ano, com a música Quero Ver Segurar. O disco tem no total 20 faixas, além do hit, estão R.A.P, Falou, Rolê de Kadet, Quando Eu Morrer, entre outras.

Outro destaque fica por conta da música Quando Éramos Reis, que faz uma homenagem ao pugilista Muhammad Ali. As gravações contaram com a participação de músicos e produtores de rap, como Casp, Laudz, Skeeter, Caíque, Mr. Break, Hand, Renan Samam e A.G. Soares.

Rashid começou a ganhar notoriedade por conquistas de títulos nas duas batalhas de rimas mais conceituadas do Brasil: Batalha do Santa Cruz e Rinha dos MCs. Além de Que Assim Seja, o rapper tem mais dois álbuns em sua discografia: Hora de Acordar e Dádiva & Dívida.

A música Que Assim Seja teve uma repercussão positiva na internet com o lançamento por uma twitcam que reuniu 7 mil fãs. Em uma semana, foram registrados 50 mil downloads. O rapper tem se consolidado no universo do rap, fato que o levou a dividir o palco com diversos nomes respeitados como Kamau, Emicida, Criolo, Max B.O., Dexter, KL Jay, Projota e Mano Brown.

INFORMAÇÕES - Chorando na Choperia – Danilo Brito e conjunto
Datas: 15 de novembro de 2012 | Horários: quinta, às 19h
Ingressos: R$ 12,00 (inteira); R$ 6,00 (usuário matriculado no SESC e dependentes, +60 anos, estudantes e professores da rede pública de ensino) e R$ 3,00 (trabalhador no comércio e serviços matriculado no SESC e dependentes).
Classificação etária: 12 anos

LOCAL - SESC Pompeia - Choperia (800 lugares).
Rua Clélia, 93, Pompéia. Telefone. 11 3871-7700. www.sescsp.org.br