MÚSICA - SÃO PAULO

Juliana D’Agostini

Juliana D’Agostini

Foto: Lázaro Medeiros

Por Sheila Grecco - Assessoria de Imprensa

Juliana D’Agostini e Emmanuele Baldini se apresentam no CCSP

Pianista e violinista interpretam de Villa-Lobos a Nino Rota em show gratuito

A música erudita vai ecoar pela biblioteca e pelos jardins do Centro Cultural São Paulo na noite desta terça-feira (06/03). É lá que o duo de piano e violino, formado por Juliana D’Agostini e Emmanuele Baldini, dá início ao projeto “Terça na Praça”, no CCSP, no Paraíso, centro de São Paulo. No repertório do concerto estão composições do brasileiro Heitor Villa-Lobos (1887-1959), do italiano Nino Rota (1911-1979) e César Franck (1822-1890). A apresentação será gratuita, em um palco montado bem no centro da biblioteca do CCSP.

O público verá um encontro inédito no palco no CCSP. A pianista paulistana Juliana D’Agostini, de 25 anos, e o experiente violinista italiano Emmanuele Baldini, de 40 anos, se apresentam juntos pela primeira vez. O recital será uma prévia do CD que a dupla prepara para o segundo semestre deste ano e que será lançado pela gravadora Villa Nova, num repertório que une raízes brasileiras e italianas, familiares aos dois artistas. “É um privilégio participar de um programa tão democrático, que visa popularizar a música clássica. É importante que o músico clássico saia do pedestal e fale com um público cada vez maior e mais jovem. A música não tem barreiras”, explica a pianista Juliana D’Agostini. “Neste recital, o público vai poder ver, em primeira mão, uma prévia do CD que estamos preparando para este ano. É sempre empolgante fazer parcerias com jovens talentos, que extraem novas sonoridades de peças clássicas”, explica o violinista Emmanuele Baldini, spalla da Osesp (Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo).

De forma democrática, mais despojada e informal, o projeto “Terça na Praça”, do Centro Cultural São Paulo, visa aproximar os artistas de seu público e levar a música clássica a um número maior de ouvintes, especialmente jovens e estudantes, principal público frequentador do CCSP. A música irá reverberar por todos os pisos do prédio modernista e será possível assistir ao show de diferentes pontos do centro cultural, com suas dimensões amplas, múltiplas entradas e caminhos. Show para agradar a especialistas, amadores, ouvidos treinados ou simplesmente sensíveis.

INNFORMAÇÕES
Juliana D’Agostini + Emmanuele Baldini: Recital de Piano e Violino
Data: 06 março 2012, terça-feira, às 20h
Preço: Entrada franca - Sem necessidade de retirada de ingressos.

LOCAL
Centro Cultural São Paulo (110 lugares).
Rua Vergueiro, 1000 – Paraíso – Tel. 11 3397-4002
Duração: 90 minutos.

Sobre Juliana D’Agostini

Aos 25 anos, a pianista paulistana Juliana D’Agostini toca desde os cinco anos de idade. Influenciada por uma família que admira música, Juliana aprendeu a tocar Beethoven de ouvido, aptidão de quem tem “ouvido absoluto”. Formada em Piano pela Universidade de São Paulo (USP), sob a tutela de Eduardo Monteiro, fez especializações na França, Académies Internationales d’Été du Grand Nancy e Strasbourg National Conservatoire, e, nos EUA, sob a regência de Wha Kyung Byun, em Boston, de Caio Pagano, no Arizona, e de Max Barros, em Nova York. Em 2010, lançou seu primeiro CD, “Chopin | Liszt”, em que interpreta peças dos compositores românticos. O álbum foi muito bem recebido pela crítica e caracterizado como união de “técnica e sensibilidade” (revista Veja). Em 2011, lançou o álbum “Juliana D'Agostini + Catalin Rotaru”. Em parceria com o contrabaixista romeno Catalin Rotaru, interpreta repertório que vai de Schubert a Villa-Lobos. A musicista também pesquisa a fundo a história e obras de seus ídolos eruditos e faz palestras a respeito. Associada à FAPESP, já trabalhou em sonatas de Ludwig Van Beethoven e nos manuscritos do compositor brasileiro Henrique Oswald. Apesar de jovem, Juliana já acumula importantes prêmios em sua carreira, como IV OSBA Young Soloist Competition – 1º lugar (2005); XIV Arnaldo Estrella National Piano Competition – 1º lugar (2006); XIX Artlivre Piano Competition – 1º lugar (2006); 2010 Seattle International Piano Competition – Collegiate Semi-Finalists e o mais recente, em 2011, finalista do 7º Prêmio Bravo de Cultura, na categoria de Melhor CD Erudito. www.julianadagostini.com.br

Sobre Emmanuele Baldini

Nascido numa família de músicos, Emmanuele Baldini foi aluno da classe de “Virtuositè” de Corrado Romano, no Conservatório de Genebra. Estudou música de câmara com o Trio di Trieste e Franco Rossi, tendo se aprefeiçoado em Berlim e em Salzburgo com Ruggiero Ricci. Vencedor de diversos concursos internacionais, deu início à carreira solo após vencer o “Virtuositè”, de Genebra, e o 3º prêmio no concurso Lipizer, em Gorizia (Itália). Tanto como solista como em recitais para violino e piano, apresentou-se por toda a Itália e pelas principais cidades européias. Sua discografia inclui gravações para os selos Agorà, Algol, Rivoalto e Phoenix, destacando-se o CD Sonatas de Franck e Magnard - muito elogiado pela crítica internacional – Viotti (duetos de violinos e sonatas para violino e violoncelo), Paganini e Tartini (peças virtuosas), Weber e Mendelssohn (sonatas para violino e piano) e Martucci (obras completas para violino e piano), considerado um dos maiores tributos a Martucci, segundo Giancarlo Cerisola da Classic Voice. Emannuele foi spalla da Orquestra do Teatro Comunale de Bolonha, Orquestra de Trieste, Sinfônica da Galícia, tendo colaborado também com a Orquestra do Teatro alla Scala de Milão. Desde 2005, é spalla da Osesp e fundou o Quarteto Osesp, do qual é primeiro violino. www.emmanuelebaldini.me

Navegue por NossaDica

Copyright © 2007 • Nossadica • Todos os direitos reservados • Mapa do siteWebMasterHostDica Serviço de Internet