TEATRO

Nocaute - Marcelo Mansfield

Nocaute - Marcelo Mansfield

Foto: divulgação

Dicas culturais de Belo Horizonte

Por CL Assessoria em Comunicação

'Centros Culturais - Mostra BH 2011' reúne novos
talentos da cidade

Programação será realizada de 16 a 18 de dezembro e contará com shows, exposições, cinema e teatro

A Prefeitura Municipal de Belo Horizonte, por meio da Fundação Municipal de Cultura, realiza entre os dias 16 e 18 de dezembro, na Funarte MG (Rua Januária, 68, Floresta), o evento Centros Culturais – Mostra BH. Shows, exposições, cinema, teatro e muito mais integram a programação da mostra, que faz parte das comemorações do aniversário de Belo Horizonte. A entrada é franca para todas as atividades.

A Mostra BH é o resultado de um trabalho realizado durante o ano junto aos artistas que atuam nos Centros Culturais mantidos pela Prefeitura, que tem como objetivo promover e incentivar grupos e pessoas com trabalhos artísticos e culturais desenvolvidos nos bairros da cidade.

Belo Horizonte possui 16 Centros Culturais: Centro Cultural Alto Vera Cruz, Centro Cultural Pampulha, Centro Cultural São Bernardo, Centro Cultural Venda Nova, Centro Cultural Vila Marçola, Centro Cultural Zilah Spósito, Centro Cultural Jardim Guanabara, Centro Cultural Lindeia Regina, Centro Cultural Padre Eustáquio, Centro Cultural Salgado Filho, Centro Cultural São Geraldo, Centro Cultural Vila Fátima, Centro Cultural Vila Santa Rita, Centro Cultural Urucuia, Centro Cultural Liberalino Alves de Oliveira e Centro Cultural Lagoa do Nado. Nesses espaços são realizadas diversas atividades culturais que proporcionam o fortalecimento dos laços e vínculos locais e o sentimento de pertencimento à cidade.

Nos Centros Culturais espalhados por toda a cidade foram ‘garimpados’ novos talentos que o público vai conhecer na Mostra BH 2011. Ali serão reveladas diferentes produções artísticas nascidas fora do eixo cultural convencional.

A programação do evento inclui exposições, música, teatro e dança, além de debates sobre o fazer artístico e cultural. A ideia é permitir a troca de experiências e conhecimentos entre artistas de diferentes expressões culturais das diversas regiões de Belo Horizonte.

Além de conferir as apresentações musicais, o público poderá ver a exposição de artes plásticas “Contornos da Memória” e visitar uma feira com raridades em disco de vinil e CDs da cena independente de Belo Horizonte. As duas mostras estarão em cartaz durante todo o evento, que vai ocupar diferentes espaços da Funarte MG. Além do Galpão 1 e dos jardins, serão montados uma tenda, um café e o Espaço de Convivência Galpão 2.

O evento é uma correalização do Instituto Gandarela, com patrocínio da Petrobras e apoio da Arte Brasil Produção Cultural e da Fundação Nacional das Artes.