DICAs de teatro - AGENDA RIO

Por Bruna Amorim

Os Mamutes

03 a 26 de agosto de 2012 - Teatro Café Pequeno

Os Mamutes foto Guga Melgar

Foto: divulgação

Após grande sucesso, a Cia OMONDÉ está de volta com o espetáculo “Os Mamutes”, a partir do dia 03 de agosto, no Teatro Café Pequeno. Com texto de Jô Bilac (Prêmio Shell 2010), a peça conta com a direção de Inez Viana (duas vezes indicada ao Prêmio Shell de melhor direção – As Conchambranças de Quaderna – 2009 e Amor Confesso - 2011). No elenco, Débora Lamm, Carolina Pismel, Ricardo Souzedo, Diogo Camargos, Luiz Antonio Fortes, Jefferson Schroeder, Iano Salomão, Zé Wendell, Junior Dantas, Juliane Bodini e Inez Viana; e os músicos Francisco Werneck e Aline Gonçalves.

O espetáculo traça um paralelo com o espelho de Alice e fala da deformidade do ser humano diante de uma sociedade repressora e deficiente; do consumismo exacerbado; da alienação violenta de uma geração sem perspectiva e da precocidade infantil. Leia mais... Os Mamutes

Com um humor ácido, ele é narrado por Isadora (Débora Lamm), uma garota perversa e extremamente inteligente que trancada em seu quarto, inventa uma história – a história de Leon (Diogo Camargos): um rapaz ingênuo, honesto, que vive com a avó doente e precisa conseguir um emprego. Ele encontra uma vaga numa multinacional de fast food - a Mamute´S Food – conhecida por fabricar hambúrgueres de carne humana. Porém, para conseguir o emprego, Leon precisa abater um “Mamute”, ou seja, matar uma pessoa sem caráter, sem princípios morais, que não fará falta para ninguém. Eis o dilema: Desistirá ele do emprego por questões morais ou se tornará um caçador implacável? Com muita ironia, a peça surpreende ao passar pelos variados questionamentos e dúvidas relativos ao humano.

O elenco, encabeçado por Débora Lamm (Isadora Faca no Peito), desfila personagens surpreendentes, que vão passando no caminho de Leon (Diogo Camargos): o Capitão Man (Ricardo Souzedo); os gêmeos siameses (Zé Wendell e Junior Dantas); Frenesi – a puta revolucionária (Carolina Pismel); Squel – a jovem suicida (Luiz Antonio Fortes); o casal apaixonado que se mata (Juliane Bodini e Iano Salomão); Lola Blair – o transformista militante (Jefferson Shroeder) e Shiva Moon – a apresentadora de programa infantil (Inez Viana/Cristina Flores).

Sobre o espetáculo

Isadora, menina perversa e extremamente inteligente, está trancada em seu quarto e escreve a história de Leon - um rapaz honesto, vinte e poucos anos, criado pela avó através dos valores cristãos - que precisa de um emprego para sustentá-los. Com isso, tenta uma vaga de fritador de hambúrgueres na Mamute’s Food, um fast food que vende hambúrguer de carne humana.

Para conseguir a vaga, ele precisa matar um mamute - um ser humano sem valores morais - Esse dilema o persegue e ele se vê diante de uma encruzilhada: Matar um ser humano, por pior que ele seja, e carregar essa culpa, ou entrar para o sistema e se tornar também um mamute? Dor! Desespero! Pavor! Eis o primeiro passo para a degradação da alma humana. Mas, em meio ao desespero, eis que surge Squel, o amor de sua vida. Com muita ironia, a peça surpreende ao passar pelos variados questionamentos e dúvidas relativos ao humano.

Sobre OMONDÉ

Cia formada pela atriz e diretora Inez Viana e pelos atores Leonardo Bricio, Debora Lamm, Dani Barros, Diogo Camargos, Luiz Antonio Fortes, Iano Salomão, Zé Wendell, Junior Dantas e Ricardo Souzedo, OMONDÉ foi criado a partir da bem sucedida montagem de ‘AS CONCHAMBRANÇAS DE QUADERNA’, de Ariano Suassuna, que desde 2010 vem se apresentando pelo Brasil e colecionando inúmeros prêmios e indicações.

Dentre os Prêmios: Prêmio Contigo de Teatro por Melhor Espetáculo de Comédia (júri oficial); Prêmio Contigo de Teatro por Melhor Espetáculo de Comédia (júri popular); Prêmio Shell Melhor Direção Musical (Marcelo Alonso Neves); Prêmio APTR de melhor atriz (Dani Barros).

Indicações: Prêmio Shell Melhor Direção (Inez Viana); Prêmio APTR Melhor Direção (Inez Viana); Prêmio Qualidade Brasil Melhor Direção (Inez Viana); Prêmio Qualidade Brasil Melhor ator protagonista (Leonardo Bricio); Prêmio APTR Melhor ator protagonista (Leonardo Bricio); Prêmio APTR Melhor figurino (Flávio Souza); Prêmio APTR Melhor espetáculo comédia; Prêmio Qualidade Brasil Melhor espetáculo comédia; Considerado pelo Jornal O Globo – RJ como um dos 10 melhores espetáculos de 2010.

“A busca de uma identidade brasileira a partir de referências da cultura universal faz OMONDÉ usar elementos que simbolizem e traduzem a cena. Com Os Mamutes não foi diferente. Para contar essa história de humor ácido e fina ironia, nos inspiramos nos circos e danças populares [cia Grial]; nas danças contemporâneas [Dimitris Papaioannous e Anjelin Prejolcaj]; nos filmes de Junet, Heitor Dalia e Kurosawa”, afirma da diretora Inez Viana.

Texto: Jô Bilac Direção: Inez Viana
Elenco: Com Débora Lamm, Carolina Pismel, Ricardo Souzedo, Diogo Camargos, Luiz Antonio Fortes, Jefferson Schroeder, Iano Salomão, Zé Wendell, Junior Dantas, Juliane Bodinie e Inez Viana.
Músicos: Francisco Werneck e Aline Gonçalves
Direção Musical: Marcelo Alonso Neves

Sinopse:
Isadora, menina perversa e extremamente inteligente narra a história de Leon - um rapaz honesto, criado pela avó, que precisa de um emprego para sustentá-los. Com isso, tenta uma vaga na Mamute’s Food, um fast food que vende hambúrgueres de carne humana.

INFORMAÇÕES - Gênero: Comédia
Data: 03 a 26 de agosto de 2012 | Horário: Sexta a Domingo, às 20h.
Ingressos: R$30,00 (R$1,00, no domingo, 26 de agosto)
Classificação etária: 18 anos | Duração: 90 minutos

LOCAL - Teatro Café Pequeno (Capacidade: 100 lugares)
Rua Ataulfo de Paiva, 269 - Leblon Bilheteria: (21) 2294-4480.