show/160x600.gif

Bem-estar

Paciência é a Ciência da Paz

Paciência é a Ciência da Paz

Foto: divulgação

Por Cauby Nobre Filho

Dicas de bem-estar e qualidade de vida

Olá amigos internautas, ou seja qual for o novo nome dado, para aqueles que se alinharam assim como eu com as informações em bits, nesse caleidoscópio de informações ora úteis e ora vazias.

Em um curto prazo de tempo quando relacionamos esse tempo ao da existência humana, conseguimos otimizar um espaço que era medido em anos ou meses, para dias ou horas com a criação dos transportes. Dilatamos a existência da idade humana com o desenvolvimento da ciência e suas aplicações na agricultura. Pelo favorecimento das adaptações orgânicas a diversos climas pelo nosso corpo, criamos vestimentas adequadas e suportáveis ao uso. As informações que eram engenhosamente elaboradas por envio de animais ou pessoas são enviadas ou respondidas em segundos por apenas poucos dedos em anatômicos teclados.

Estamos por assim dizer em um confortável período da humanidade, contudo, não sabemos administrar nosso próprio tempo e com isso estamos nos distanciando em poder usufruir desse feito.
Vejamos como geramos nossas dificuldades em um simples exemplo:
Se o dia tem 24 horas e dessas horas, uso 8 horas em sono, 8 horas em trabalho, sobrariam 8 horas de momentos pessoais. Claro que nosso trabalho nunca fica próximo a nossa residência e quem mora nas grandes cidades, trocam às vezes o valor do salário, com as prestações de produtos, impostos e mesada dos filhos.

As atividades esportivas são substituídas por filas demoradas, saltos sobre buracos ou poças de água nas ruas, no andar ziguezagueante entre pessoas ou veículos com os olhos e a mente subservientes aos ponteiros do relógio.

O que houve com a mente humana?
O que estamos fazendo com nossa saúde mental?

Saímos da escuridão, conhecemos já o caminho, fazemos parte dele e dele estamos evoluindo junto com o planeta. Estamos em um período de usufruir o que muitos que por aqui passaram, deixaram em seu legado.
Saibamos agradecer por estarmos vivendo em solo fértil em clima favorável e com um povo pacifico. Possamos nos permitir que a generosidade seja aplicada em nosso favor quando a intolerância, o orgulho ou a impaciência queira passear em nossa mente gerando sempre atos desastrosos.
Sejamos bons com nossa mente, abasteça com imagens, sons, cheiros e pensamentos que a façam tranqüilizar. Habitue-se a levá-la para passear, interaja mais tempo de sua vida com ela. Muitas doenças originam-se dela se materializam no corpo e do corpo para as dependências químicas.
Tenha Paciência e fique em Paz.