PUBLICIDADE

Shows Rio

SHOWS - RIO DE JANEIRO

Patty Ascher - Apresentando canções ícones do Jazz e do Samba, o show Deu Jazz no Samba

Foto: divulgação

Teatro Oi Casa Grande

Por Ivone Kassu / Vinicius Badenes

Uma Cantora, quatro Maestros e uma Grande Causa

Dia 15 de dezembro , a cantora Patty Ascher recebe os Maestros Jota Moraes, Aluisio Pontes e Eduardo Lages e Roberto Menescal no Teatro Oi Casa Grande em apoio ao Instituto PróCriança Cardíaca

O Teatro Oi Casa Grande é uma das grandes salas de concerto da cidade: condições impecáveis para artistas e público ouvirem o melhor da música contemporânea. Já acostumado a grandes espetáculos , desta vez abrigará algo jamais realizado: os maestros Jota Moraes, , Aluisio Pontes, Eduardo Lages e Roberto Menescal estarão participando do show que acontecerá dia 15 de dezembro, às 20h, em apoio ao Instituto PróCriança Cardiaca.

A iniciativa é liderada pela cantora Patty Ascher - que reuniu a nata dos maestros brasileiros em seu segundo álbum - e decidiu mobilizar esta turma em torno de uma grande causa: “Fico feliz de reunir um time de primeira para apoiar uma obra tão séria e importante como é o Instituto ProCriança Cardíaca” – destaca a cantora.

O SHOW

Apresentando canções ícones do Jazz e do Samba, o show Deu Jazz no Samba evidencia as semelhanças entre os dois movimentos: ambos de origem africana, ambos com influência européia, ambos nasceram no mesmo período.

Com visual caprichado – que remete aos anos 20, período nascedouro do Jazz e do Samba – Patty Ascher tem o tema ideal para desenvolver seu talento que bebe nas duas fontes.

Sobre o Instituto PróCriança Cardíaca

O Instituto PróCriança Cardíaca está completando 13 anos de atividades, atendendo a população mais carente e necessitada do Estado do Rio de Janeiro. Em 2011, inaugurará hospital próprio tendo em vista a alta demanda de seus serviços. Alguns números relevantes TOTAL GERAL DESDE O INÍCIO DO PROJETO (1996) ATÉ JULHO DE 2010:

Sobre os Artistas 

Patty Ascher  foi descoberta em 2007 por Roberto Menescal  - que produziu e fez os arranjos de seu primeiro cd, o Bacharach Bossa Club – e desde então ela  tem se destacado  como um talento singular de sua geração: "Sua voz tem um acento ‘soul’, suingue brasileiríssimo e poder de  improvisação que lembra as  grandes divas do jazz" - conforme destacou o Maestro Michel Legrand - ganhador de 3 Oscars - ao realizar duas turnês com a artista.

Deu Jazz no Samba – seu segundo álbum - teve lançamento em Nova York   e vem percorrendo várias cidades do país desde então com enorme sucesso. Acostumada a parceiros e platéias exigentes – ela já fez duas turnês com Maestro Michel Legrand , participou do primeiro Cruzeiro Bossa Nova do Mundo, realizou shows ‘sold out’ no prestigiado Feinstein’s (NYC) em 2009 e 2010 e foi o primeiro artista brasileiro a participar da Jerry Lewis MDA Telethon, ao vivo de Las Vegas, para 180 emissoras de TV no último dia 06 de setembro – tem sido aclamada como a revelação do Jazz Brasileiro.

Jota Moraesé pianista, vibrafonista, compositor e arranjador. Trabalhou e gravou com vários artistas de vários segmentos tais como: Ed Motta, Maria Bethânia, Gal Costa, Caetano Veloso, Alexandre Pires, Sorriso Maroto, Zé Renato, Arlindo Cruz, Fundo de Quintal, Vanessa da Mata, Pitty, Belo, Gonzaguinha, Ivan Lins, Maria Rita e muitos outros. Na área instrumental, trabalhou com o grupo Azymuth, Cláudio Roditi, Zé Nogueira, Ricardo Silveira, Rafael Rabello e outros. Atualmente faz arranjos para vários artistas. Com Pascoal Meirelles, Mingo Araújo, Mauro Senise e André Neiva, Jota Moraes integra, há 18 anos, no grupo Cama de Gato. Está pouco mais de um ano na estrada acompanhando a cantora Maria Rita.

Aluizio Pontes completou 50 anos de carreira. Maestro, arranjador, multi-instrumentista iniciou os seus estudos de piano aos oito anos de idade em Caçapava, no interior de São Paulo. Estreou como pianista profissional aos 17 anos, em Presidente Prudente. No início de década de 60, mudou-se para São Paulo e logo em seguida organizou e liderou o “Sambalanço Trio”, que alcançou grande sucesso no período de ascensão da Bossa Nova. Fez orquestração, direção musical e, em muitos casos, participou como pianista em discos de grandes nomes da música popular brasileira, como: Cauby Peixoto, Leny Andrade, Pery Ribeiro, Wilson Simonal, Cláudia e muitos outros. Para o cinema escreveu a trilha sonora do filme “Mulheres, Mulheres” de Jean Garrett e no teatro assinou a direção musical de vários espetáculos.

Eduardo Lages começou a estudar piano clássico aos quatro anos de idade. Com carreira forjada em diversas experiências, trabalhou na noite carioca, fez jingles e atuou por 20 anos como diretor musical do programa Fantástico, na TV Globo. Desde 1977 é maestro e arranjador de Roberto Carlos, fazendo parte da história da música popular brasileira. Tem vários trabalhos solos lançados, incluindo um DVD gravado no histórico Teatro Municipal de Niterói, Rio de Janeiro.

Roberto Menescal é  instrumentista ,arranjador, compositor e produtor de renome internacional. Um dos fundadores da Bossa Nova, já produziu mais de 300 álbuns em sua carreira e atualmente é sócio do selo musical Albatroz Music. Compositor de grandes sucessos da música brasileira – Nós e o Mar, o Barquinho, Rio, Telefone, entre outras canções – é testemunha viva da história da música brasileira nos últimos 50 anos.

Marco Pontes “Caixote” é instrumentista e arranjador e assina a direção musical do show. Já gravou uma série de cinco CDs de jazz brasileiro e lançou em 2005 o CD Brazil Bossa’n’Bass. Chamado pelo pai, Aluízio Pontes de Caixote, Marco Pontes, foi diretor musical e arranjador do Beco em 1979, trabalhou com Peri Ribeiro & Susana Vieira, Watuzi e Abelardo Figueiredo, após percorrer o Brasil com Bandas de Baile. Em 1980 foi convidado por Peri Ribeiro para dirigir seu show com a cantora Claudya no Madison Square Garden em Nova Iorque e, atualmente, grava com os mais populares artistas do nosso país, também participando da Banda do Programa de Fausto Silva na TV Globo.

Ficha Técnica:

Direção Musical: Marco Pontes ‘Caixote’
Produção Executiva: Alessandra Mayra
Músicos: Nahame Casseb (bateria), Marcus Cesar (percussão), Sidiel Vieira (baixo-acústico), Caixote (piano)
Realização: Agencia A
RENDA DESTINADA AO INSTITUTO PRÓ-CRIANÇA CARDIACA

Serviço:

Dia  15 de dezembro, quarta, às 20h
Local: TEATRO OI CASA GRANDE  -   av. Afrânio de Mello Franco, 290, Leblon
Ingressos :  Camarote e setor VIP – R$ 80,00 (inteira) e R$ 40,00 (meia);
Setor 1 (platéia) – R$ 70,00 (int) e R$ 35,00 (meia);
Setor 2 (balcão)   – R$ 60,00 (int) e R$ 30,00 (meia);
Setor 3 (balcão) – R$ 50,00 (int) e R$ 25,00 (meia).
Na bilheteria do teatro ou pelo site www.ingresso.com.br
Informações: (0xx21) 2511-0800