PUBLICIDADE

Shows

SHOWS - RIO DE JANEIRO

SERENO DA MADRUGADA

SERENO DA MADRUGADA

Foto: divulgação

Teatro Rival Petrobras. Rua Álvaro Alvim, 33/37 - Cinelândia.

Por Ivone Kassu ou Vinicius Badenes

Sereno da Madrugada

Dia 22 de dezembro de 2010 - Quarta

O grupo nasceu em 2005 no Rio de Janeiro e, durante esse tempo, dezenas de composições surgiram e o grupo adquiriu experiência tocando nos bares da Lapa carioca, em palcos de Brasília, São Paulo e outros fora do Brasil, como em Paris, Lisboa e Genebra.

Alfredo Alves (percussão), Fernando Temporão (violão de 7 cordas e voz), Miguel Garcia (cavaquinho) e Patrícia Oliveira (voz), experimentaram durante esses primeiros anos de grupo - e de estrada - centenas de sambas em seu repertório, pesquisaram compositores e discos pouco acessíveis ao grande público e, gradualmente, foram amadurecendo a idéia de gravar um álbum de samba contemporâneo, que fosse atual e agregasse influências de universos que, inclusive, não fossem o do samba. Ao final do processo, o disco nasceria da união de sambas autorais com sambas de universos bastante distintos, como "Samba a Dois" de Marcelo Camelo, compositor revelado nos anos 2000, e "Modificado" de Padeirinho da Mangueira, outro compositor genial, esquecido por muitos e que já na década de 60 fazia sucesso com sua música entre os sambistas da Mangueira.

Das onze faixas do disco, ainda aparecem três regravações escolhidas a dedo: "Ponto de Nanã", do baiano Roque Ferreira, "Efun Oguedê", de Wilson Moreira e Nei Lopes, e "É Luxo Só", de Ary Barroso e Luiz Peixoto. As seis faixas de autoria dos compositores do grupo registram de maneira clara a concepção musical de um disco que - principalmente através da pluralidade dos arranjos - enxerga o samba de maneira ampla.

A faixa que abre e dá nome ao disco, Modificado, filosofa sobre as influências que outros gêneros musicais foram emprestando ao samba ao longo do tempo, e como essas influências - a despeito do que sempre disseram os mais puristas - podem ser criativas.

Teatro Rival Petrobras (600 lugares)
Rua: Álvaro Alvim, 33/37 - Cinelândia. Cinelândia. Tel. 2524 1666
Dia 22 de dezembro de 2010 - Quarta-feira, às 19h30.
Ingressos: R$ 36,00(Inteira) R$ 25,00(Os 150 primeiros pagantes) R$ 18,00(Meia)
Classificação: 16 anos.
Site: www.rivalpetrobras.com.br