CULTURA RIO - ESPAÇO SESC

Por Ney Motta

Nova montagem da Os Dois Companhia de Dança,
'Jogo sem objetos'

03 a 26 de agosto de 2012 - Espaço SESC - Sala Multiuso

Jogo sem objetos

Foto: divulgação by Mauricio Maia

Nas coreografias de Giselda Fernandes os bailarinos estão sempre às voltas com objetos do cotidiano. Há dez anos investigando o conceito de objeto-partner, a coreógrafa nesse novo espetáculo mostra que os corpos dos próprios artistas em cena podem ser manipulados e trabalhados como objetos.

A nova montagem foi construída por jogos com regras específicas de manipulação onde cada intérprete ora é manipulado ora é o manipulador do outro. Seriamente ocupados em tarefas de manipulação, os bailarinos parecem dançar uma coreografia de funções inúteis, onde as tarefas são executadas sem que haja qualquer propósito ou finalidade, que não o próprio jogo. Os corpos que se prestam como banco ou como vassoura uns para os outros, manipuladores e manipulados alternando entre si suas posições, configurando tensões e contradições, emoções e beleza plástica, conflito e poesia.

Os objetos estão invisíveis, porém presentes em cena quando diversos movimentos criados em função de determinado objeto são realizados sem ele. Isso vem conferir ao movimento uma estranheza capaz de despertar a subjetividade do público e estimular uma pluralidade de interpretações. O interesse desse novo passo para a pesquisa de linguagem da Companhia é a ideia da coreógrafa de que equiparar o corpo ao objeto é emprestar ao corpo uma nova materialidade para fundamentar outra maneira de mover. Leia mais... Jogo sem objetos

INFORMAÇÕES - Jogo sem objetos
Data: 03 a 26 de agosto de 2012 | Horário: Sexta e Sábado, às 21h/ Domingo, às 20h.
Ingresso: R$ 20,00 (inteira) e R$ 5,00 (associados SESC Rio) Classificação etária: 12 anos
Duração: 50 minutos | Funcionamento da Bilheteria: Terça a domingo, de 15h às 19h

LOCAL - Espaço SESC - Sala Multiuso (Capacidade: 60 lugares)
Rua Domingos Ferreira 160, Copacabana | Informações: 2547-0156 | www.sescrio.org.br

Por Bruna Amorim

Teatro

Canastrões

Uma homenagem ao centenário de Paulo Gracindo

Canastrões | Foto: Manuel Meira Correia

Sobre o espetáculo

“Canastrões”, com texto e direção de Moncho Rodriguez. No palco, o ator Gracindo Jr. e seus filhos, Pedro e Gabriel Gracindo. Três personagens, em um espaço vazio, onírico, arrastam os seus canastros (baús) carregados de memória. São contraditórios, patéticos, divertidos, dramáticos, interpretes e músicos.

Nessa viagem pelos universos do fabuloso, os três personagens o Enviado (xx), o Acontecido (xx) e o Inevitável (xx), atores sem tempo definido, questionam o sentido de existirem, de ainda permanecerem como vivos no sonho diante da realidade; interrogam-se sobre a perda da verdade poética, principal alimento da criação artística; denunciam a transformação da arte e dos seus ofícios em produtos descartáveis de consumo, as razões de uma modernidade sem identidade; da globalização redutora dos mais elevados sentimentos humanos. Leia mais... Uma homenagem ao centenário de Paulo Gracindo

INFORMAÇÕES  - Inglaterra - versão brasileira | Gênero: comédia dramática
Data(s): 10 de agosto a 02 de setembro 2012 | Horário: Quinta a Sábado, às 21h, Domingo, às 19h30
Ingresso: R$ 20,00 (inteira), R$ 10,00 (meia), R$ 5,00 (associados SESC Rio)
Classificação Etária: 12 anos | Duração: 90 minutos | Acesso para pessoas com deficiência

LOCAL - Espaço SESC – Teatro Arena (Capacidade: 240 lugares)
Rua Domingos Ferreira, 160. Copacabana. Telefone: (21) 2547-0156

Por Bruna Amorim

Dança, teatro, cinema e música

O Homem Vermelho
Primeiro espetáculo solo do bailarino Marcelo Braga
10 de agosto a 02 de setembro de 2012, no Espaço Sesc Mezanino - Copacabana

Foto: Renato Mangolin

Estreia, no dia 10 de agosto, no Mezanino, do Espaço SESC, o espetáculo inédito do bailarino Marcelo Braga, “O Homem Vermelho”, que apresenta uma nova etapa em sua trajetória. Instigado pelo diálogo entre linguagens, o solo é o resultado do encontro artístico entre o bailarino com a atriz Simone Spoladore, a artista visual Laura Erber, o olhar sensível, em imagens, do cineasta Walter Carvalho, a trilha sonora do músico Domenico Lancelloti e a assistência de direção da bailarina Laura Samy.

Idealizado pelo dançarino, que, também, assina a criação, direção, atuação, texto, luz, figurino e o espaço cênico da montagem, este encontro artístico vai muito além da habitual comunicação complementar entre dança, teatro, cinema e música. Marcelo abre um espaço de reflexão com seus novos parceiros com o intuito de criar um lugar de atuação totalmente renovado. Leia mais... O Homem Vermelho

INFORMAÇÕES
Data: 10 de agosto a 02 de setembro de 2012
Horário: quinta a sábado, às 21h30, domingo, às 20h
R$ 20,00 (inteira); R$ 5,00 (associados do Sesc) e R$ 10,00 (jovens de até 21 anos, maiores de 60 anos, estudantes e classe artística. Classificação etária: 12 anos. Bilheteria: terça a domingo a partir das 15h. Vendas antecipadas até às 19h.

LOCAL - Espaço Sesc Mezanino (Capacidade: 52 lugares)
Rua Domingos Ferreira, nº 160 - Copacabana
Telefone 21 2547-0156 |  www.sescrio.org.br