Teatro Rio

TEATRO RIO DE JANEIRO

COMÉDIA - UMA LINDA KUAZE MULHER

Foto: Pedro Henrique Nunes e Wagner Freitas

Teatro Max Nunes - Tijuca

Teatro - Rio de Janeiro

Comédia: UMA LINDA KUAZE MULHER

Por Mario Cardona - Diretor/Produtor

Temporada de 9 a 30 de agosto

Uma Linda Kuaze Mulher entra na quarta temporada, agora  no teatro Max Nunes (Clube América)  na Tijuca dia 9 de agosto!
Uma Linda Kuaze Mulher, é uma comédia caricata que aborda temas atuais de uma maneira simples e direta, e o que é melhor, com muito bom humor.
A relação da empregada doméstica com os patrões, o preconceito racial, a questão das doenças sexualmente transmissíveis e a atual política brasileira, são apenas alguns dos assuntos que povoam o universo do espetáculo.

O texto de Denilton Neves, adaptado por Mario Cardona para o Rio, é uma paródia ao filme quase homônimo e conta a história de “Julia Roberta”, uma empregada doméstica que quer vencer na vida com o sonho de ser uma grande estrela dos palcos. Ela irá passar por várias situações hilariantes para atingir os seus objetivos. “Cintia”, a vilã da história, fará de tudo para estragar os planos de Julia Roberta, que irá contar com a ajuda de sua Amiga “Lia Lábios de Mel” e do seu pretendente “Ricardo Gerardo” para se defender.

O ator Hugo Resende está fazendo o cobrador de ônibus “Ricardo Gerardo”, apaixonado por “Julia Roberta”, vivida pelo ator Wagner Freitas. O elenco conta também com o ator Erlande D’Lutz que encarna a vilã, “Cintia Rabecão”, seguida de sua discípula “Lea Bomba”, que ganha vida nas mãos do ator Caio Vianna. A melhor amiga de “Julia Roberta”, “Lia Lábios de Mel”, fica por conta do ator Leo Borges. Pedro Henrique Nunes está no papel da patroa de “Julia Roberta”. Como a vidente picareta “Mãe Lenara”, e a secretária de palco “Esmeralda” está o ator Lipe Borssato, e, interpretando a mais falsa das amigas, “Cléa Campbel”, temos o ator Paulo Cardoso, que também assina a assistência de direção.

Temos também a presença de  Gabrielly Rodin, que faz participação especial na cena final do espetáculo.

Mario Cardona, que já atuou na montagem feita em São Luís, assina a direção do espetáculo, numa concepção que usa o teatro de besteirol, inspirado nas revistas em quadrinhos e nos desenhos animados, onde o gestual seguido da expressão facial vem como suporte para garantia de boas gargalhadas.

Em Uma Linda Kuaze Mulher, os atores irão se travestir, mostrando no palco o melhor do universo feminino, só que de uma maneira extremamente caricata e exagerada.
Uma Linda Kuaze Mulher é o verdadeiro teatro do besteirol, do pastelão, um teatro que satiriza temas polêmicos da atualidade, ou seja, informa de modo divertido.
Muita diversão e arte é o que a Cia Patakuada promete levar a cena tijucana.

Ficha Técnica:
Texto: Denilton Neves
Direção e Adaptação: Mario Cardona
Elenco por ordem alfabética: Caio Vianna, Erlande D’Lutz, Hugo Resende, Leo Borges, Lipe Borssato, Paulo Cardoso, Pedro Henrique Nunes e Wagner Freitas.
Participação Especial: Gabrielly Rodin
Assistência de Direção: Paulo Cardoso            Coreografia: Mario Cardona
Fotografia: Victor Pandini        Iluminação: Beto Filho       Sonoplastia: Ivan Souza
Supervisão de Figurino: Chico Coimbra               Cenários e Adereços: Amilcar Barros
Maquiagem: Wagner Freitas e Erlande D’Lutz     Trilha Sonora: Caio Vianna
Contra Regra e Camarim: Zezé Ferilles
Assessoria de Imprensa: Dulce Siqueira
Produção: Mario Cardona - 9337 4281
Assist. de Produção: Paulo Cardoso – 8831 3069 / Zezé Ferilles – 8198 8999