Teatro

TEATRO RIO DE JANEIRO

GRUPO TEATRAL GARAGEM 21

FODOROVSKA, uma comédia sobre a morte

Foto: Nelson Kao

Espaço dos Satyros 2

Por Renata Lopes

FODOROVSKA, uma comédia sobre a morte

4 de março a 27 de maio

Uma encenação sobre um homem que está morrendo é o principal evento da festa de comemoração dos 250 anos da Fábrica de Supositórios Brasil.
Com esse mote, o grupo Garagem 21 apresenta Fodorovska, que estréia dia 4 de março, quinta-feira, às 22h30, no Espaço dos Satyros 2.

Escrita e dirigida por Cesar Ribeiro, a montagem discorre sobre a relação contemporânea ocidental com a morte em uma época na qual cada vez mais a tecnologia é utilizada para diminuir as distâncias entre as sociedades. Mas, se por um lado o avanço tecnológico possibilita a diversidade e o acúmulo de informações, facilitando assim o processo de organização intelectual da realidade, por outro há a superficialidade na abordagem dos temas.

Para refletir sobre esse assunto, o grupo novamente recorre à sua linguagem característica: uma mistura de referências que vão de quadrinhos e desenhos animados adultos a filmes de terror orientais e cineastas como David Lynch e Tim Burton, além de pensadores como Nietzsche, Foucault e Lipovetsky.

A PEÇA

Um coelho (Ruth Souza) está sentado no canto do palco escrevendo o que deseja ser a grande obra literária da humanidade. Uma mulher (Nath Calan) ao fundo do palco dorme profundamente, somente despertando em alguns momentos para dizer a frase “Ich bin Gott” (Eu sou Deus, em alemão), que é seguida pelo gesto de saudação nazista. Duas velhas (Priscilla Maia e Keli Viacelli) procuram chegar a um lugar desconhecido, parando apenas em alguns momentos para tomar novo fôlego e seguir a caminhada; enquanto esperam, fofocam sobre as celebridades que acabaram de morrer. Dois enfermeiros (Bira Honorato e Sergio Silva Coelho) vestidos como açougueiros se divertem ao destratar seus pacientes.

 No centro de tudo isso, um homem (Paulo Campos) está morrendo. Deitado em uma maca em um lugar que mais parece um depósito do que um hospital, ele se vê cercado por todos esses seres estranhos enquanto busca um raciocínio que justifique sua vida e sua morte. Mas ele, apesar de ser o indivíduo mais próximo da normalidade nesse ambiente, é um falso pensador, que faz as perguntas certas para chegar a conclusões equivocadas. Por fim, morre sem encontrar respostas.

Após a morte, o público descobre que tudo a que estava assistindo não passa de uma encenação que faz parte das atividades de comemoração dos 250 anos da Fábrica de Supositórios Brasil. E para encerrar essa noite festiva ainda haverá um último número: a estrela pop do Quirguistão Sonja Fodorovska canta sua música mais internacionalmente conhecida: “I am blue. So blue. Blue. I am yellow. So yellow. Yellow. I am green. So green. Green. I am red. So red. Red”.

“O terremoto no Haiti mostra bem a dualidade que vivemos em nosso tempo. Se por um lado os meios tecnológicos trazem a informação e a partir dela a sociedade pode se organizar para colaborar com as vítimas, por outro a espetacularização da realidade faz com que todos os eventos tenham um impacto controlado por quem domina esses meios de informação, tanto que o que choca em relação ao Haiti são os números. Mas, se pararmos para olhar ao nosso lado, sem mediação, veremos que a tragédia acontece todos os dias sem que haja um aprofundamento e acompanhamento dessas realidades para que ocorra uma tomada de atitude”, resume Ribeiro.

Sinopse: Para comemorar seus 250 anos, a Fábrica de Supositórios Brasil organiza uma festa de final de ano em que a atração principal é uma peça na qual um homem está morrendo cercado por personagens como um coelho escritor, uma mulher que só dorme e a estrela pop do Quirguistão Sonja Fodorovska.

Direção, texto e trilha sonora: Cesar Ribeiro: .
Elenco: Paulo Campos (Homem); Bira Honorato (Enfermeiro 1); Sergio Silva Coelho (Enfermeiro 2/Fodorovska); Priscilla Maia (Velha 1/Cego 1); Keli Viacelli (Velha 2/Cego 2); Ruth Souza (Coelho); Nath Calan (Sono).

Local: Espaço dos Satyros 2 (50 lugares)
Endereço: Praça Roosevelt ,134 - Tel: (11) 3258-6345.
Horário(s): quinta, às 22h30
Data(s):
de 4 de março a 27 de maio
Preço(s):  R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia).
Bairro: Centro
Classificação: 12 anos
Duração: 60 Minutos

Assessoria de Imprensa / Por Renata Lopes
renatalo@gmail.com - (11) 8389-6501

Navegue por NossaDica

Copyright © 2007 • Nossadica • Todos os direitos reservados • Mapa do siteWebMasterHostDica Serviço de Internet