Teatro São Paulo

TEATRO SÃO PAULO

"O PRIMO BASILIO - O MUSICAL"

O PRIMO BASILIO - O MUSICAL

Foto: Ricardo Peres

Teatro Brigadeiro

Tatro Musical

"O PRIMO BASILIO - O MUSICAL"

prorrogada até dia 1º de novembro de 2009.

Estreia dia 5 de junho de 2009, no Teatro Brigadeiro (Av. Brigadeiro Luís Antonio, nº 884, Bela Vista, São Paulo), O Primo Basílio – o Musical. De Eça de Queiróz, dirigido por Dan Rosseto e adaptado por Francisca Braga, o espetáculo tem direção musical de Dyonisio Moreno e produção de Lígia Paula Machado. O Primo Basílio – o Musical conta com patrocínio do Bradesco e está sendo realizado por intermédio da Lei Federal de Incentivo à Cultura (Rouanet). A temporada vai até 6 de setembro de 2009.

O Primo Basílio é uma das maiores obras literárias de língua portuguesa, agora ineditamente adaptado para musical pela escritora carioca Francisca Braga. Escrito em 1878 pelo português Eça de Queiróz, o livro aborda romance, disputa e traição. Nessa versão de Braga, a história se passa no Rio de Janeiro, entre 1959 e 1961.

O musical tem em seu elenco onze atores, seis músicos, cantores e bailarinos que inspirados no movimento musical Bossa Nova, desfiam canções de gêneros como MPB, valsa, samba de breque e tango. Os instrumentos utilizados pelos músicos vão do piano de cauda, violões, violino e flauta transversal passando pelo sax percussão. O figurino, de época, é assinado por Taeko Tamai com consultoria de moda de Karen Albuquerque, a iluminação tem Cizo de Souza na criação e as coreografias são de Ivan Silva.

Com apenas 22 anos, Lígia Paula Machado empenha suas habilidades de atriz, bailarina e coreógrafa para protagonizar Luisa, a maior pecadora da galeria de mulheres de Eça.

Sinopse

Uma história de amor e traição em que Luisa é uma jovem romântica, casada com o conceituado engenheiro Jorge. Sua vida muda quando ela reencontra o primo Basílio, um jovem sedutor, sua antiga paixão, que volta ao Brasil após anos no exterior.

A obra literária

O Primo Basílio é uma obra de Eça de Queiróz, escrita e publicada no ano de 1878. Escritor realista nascido em Portugal, o autor critica por meio desse livro o ambiente social da média burguesia de Lisboa e faz, também, sua análise ao Romantismo. Os personagens principais são Luisa, mulher incapaz de separar a realidade da fantasia, sonha com aventuras amorosas e viagens a lugares escritos nos romances que lia. Deixa-se seduzir por seu primo e acredita estar vivendo um grande amor. Basílio, o primo, é um homem vaidoso, exibicionista, que se aproveita da ingenuidade da prima para convencê-la a trair o esposo. Jorge, marido de Luisa, é o oposto de Basílio, sério, caseiro e muito apaixonado por Luisa. Juliana, a criada da casa, carrega muito ódio dentro de si por ser pobre e infeliz. É invejosa, revoltada, vingativa e ambiciosa.

Com outros personagens na trama, Eça de Queiróz constrói um romance que tem como tema central o adultério e, a partir daí, desencadeiam-se outros: o conflito entre realidade e fantasia (Luisa), vaidade, hipocrisia e cosmopolitismo (Basílio), futilidade (Leopoldina), superficialidade da religião (D.Felicidade), casamento por interesse (Leopoldina) e a luta de classes (Luisa e Juliana).

A direção/montagem

Pela primeira vez esta obra literária é transposta para o formato musical, unindo interpretação, música e dança numa adaptação de grande porte.

Com um elenco originalmente vindo do meio teatral para interpretar personagens ecianos tão intensos, o diretor Dan Rosseto centrou forças na preparação corporal e vocal durante três meses para apurar o conjunto de atores. Nessa empreitada teve auxílio de Paula Capovilla (preparadora vocal), Ivan Silva (coreógrafo) e Dyonisio Moreno (arranjos e direção musical).

Dan Rosseto é diretor e ator formado pelo Studio Fátima Toledo e graduado em Comunicação Social e pós-graduado em Crítica de Arte. Na direção, destacam-se trabalhos como "Quando as Máquinas Param" de Plínio Marcos, "O Colecionador" de Mark Healy, "Dois Irmãos" de Fausto Paravidino, entre outros. Para o ano de 2010 Rosseto prepara a montagem do musical "Clara Nunes - Guerreira" contando a vida e carreira da cantora. Como ator esteve nos espetáculos "Imperador e Galileu" de Henrik Ibsen (ao lado de Caco Ciocler), "O Beijo no Asfalto" de Nelson Rodrigues, "Ponto de Partida" de Gianfrancesco Guarnieri, "Mão na Luva" de Oduvaldo Vianna Filho, entre outros. Além disso, acumula trabalhos em duas novelas, comerciais de televisão, documentários e filmes de média e curta metragem.

Ficha Técnica

"O PRIMO BASILIO - O MUSICAL"
AUTOR: Eça de Queiróz
ADAPTAÇÃO: Francisca Braga
DIREÇÃO GERAL: Dan Rosseto
DIREÇÃO MUSICAL: Dyonisio Moreno
ILUMINAÇÃO Cizo de Souza
COREOGRAFIAS: Ivan Silva
PREPARAÇÃO VOCAL: Paula Capovilla
ASSISTENTE DE PRODUÇÃO: Luiz Henrique Leão
FIGURINOS Taeko Tamai
CONSULTORIA DE FIGURINO: Karen Albuquerque
CENOGRAFIA: Fábio Blanes CENOTÉCNICO Koiti Nakamura
FOTOS: Ricardo Peres
CAMAREIRA: Rose Matos
DESIGNER GRÁFICO: Luiz Henrique Leão
VISAGISTA: Eduardo Hyde
PRODUÇÃO: Ligia Paula Machado
PERSONAGENS/ELENCO: BASILIO Luiz Araújo, LUISA Ligia Paula Machado, JORGE Álvaro Franco,
JULIANA Isadora Ferrite, LEOPOLDINA Erika Altimeyer, JOANA Joice Jane Teixeira, SEBASTIAO Gustavo Penna, ERNESTINHO Jonatan Motta D., FELICIDADE Márcia Henrique DR., ACÁCIO/CASTRO Ivan Kraut,
EMILINHA Priscila Marques

MÚSICOS: Daniel Farina Moreno (violão), João Paulo Pardal (violão), Otávio Colella (violino), Maristela Silvério Neves (piano), Renan Cacossi (sax – flauta transversal), Jonatan Motta (violino).

TEATRO BRIGADEIRO (860 lugares )
Av. Brigadeiro Luís Antonio, nº 884, Bela Vista, São Paulo - Tel.: (11) 3115-2637
Bilheteria: (11) 3107-5774
Estreia: 5 de junho, 21 horas
Temporada até 1º de novembro de 2009
Horário: : sextas e sábados 20h30, domingos 19h Duração: 165 minutos
Acesso para deficientes físicos
Recomendação idade: 16 anos
N ão aceita cheque, cartão de débito Visa e Credicard
Venda On Line: www.Ingresso.com
Horário bilheteria: terça a domingo, 14h
Preços: Ingresso: R$ 40,00 e R$ 20,00 (aposentados, acima de 65 anos,
professores da rede publica e classe artística)
Reservas só acima de 20 pessoas

MAIS INFORMAÇÕES:
Informações para imprensa:
Canal Aberto Assessoria de Imprensa
Márcia Marques - (11) 3798 9510 / 2914 0770/ 9126 0425