JPG Oferta da Semana 300x250 VI
show/300x250.gif

TEATRO - RIO DE JANEIRO

Um Rubi no Umbigo

Um Rubi no Umbigo

by Silvana-Marques

Roteiro de teatro Rio de Janeiro

Por "Bruna Amorim - Daniella Cavalcanti Assessoria de Imprensa

Teatro

Um Rubi no Umbigo, de Ferreira Gullar

Primeira peça escrita sem nenhuma parceria, Gullar apresenta surpresas para a nova montagem

19 de agosto a 04 de setembro de 2011 - Caixa Cultural Rio de Janeiro

A Caixa Cultural Rio de Janeiro apresenta, no Teatro Nelson Rodrigues, a partir do dia 19 de agosto, o espetáculo “Um Rubi no Umbigo”, de Ferreira Gullar, com direção de André Paes Leme. Primeira peça do autor sem parceria, a trama, recheada de um humor crítico, com toques de absurdo, apresenta, na sala de um apartamento na Tijuca, uma verdadeira luta entre a vida e a morte. No elenco, Stela Freitas, Claudio Mendes, Fábio Enriquez, Ícaro Silva, Lenita Lopez, Felipe Koury e Bruno Quaresma contam a história de como uma pedra preciosa, incrustada no umbigo de um jovem, transforma-se na tábua de salvação financeira dele e de sua família e, por outro lado, alvo da cobiça de todos os que estão a sua volta.

A peça, que foi encenada pela primeira vez em 1979, com direção de Bibi Ferreira e com Rogério Fróes, Osmar Prado, Ana Lúcia Torre e grande elenco, ganha um novo final para esta segunda montagem. Uma novidade que também poderá ser conferida na mais nova edição do livro de Ferreira Gullar, pela Editora Leitura.

Sobre o espetáculo:

"Me diga moço, me diga Se acaso o senhor souber que devo fazer da vida pra não matar nem morrer nesta luta fratricida nesta batalha perdida que todos têm que vencer Me diga que é pouco o tempo Que eu tenho pra aprender".

Vitor, rapaz de vinte anos, bastante "desbundado" e cheio de sonhos consumistas, filho de Everaldo e de Doca, carrega no umbigo, encravado na carne, um rubi sang-de-piegeon, jóia do mais alto preço que ali fora colocada, por obra e graça da avó, quando o neto tinha poucos meses de idade, para salvá-lo de um eventração mortal. O Rubi, último rastro da fortuna de Dona Eduarda Campos de Menezes Canabrava, matriarca arruinada, mãe de Doca, teve repouso e paz na barriga de Vitor até que insuportáveis – e insuperáveis – aperturas financeiras da família transformaram a jóia no alvo de uma encarniçada cobiça geral.

O conflito é devido à extração desse rubi que pode trazer-lhe a morte ou a vida. Em toda a sua força metafórica, o rubi corresponde ao desejo inconsciente de todos, restringindo Vítor como pessoa, seus sonhos e aspirações.

Autor: Ferreira Gullar
Direção: André Paes Leme
Elenco: Stela Freitas, Claudio Mendes, Fábio Enriquez, Ícaro Silva, Lenita Lopez, Felipe Koury e Bruno Quaresma

Serviço:

Local: Teatro Nelson Rodrigues
Endereço: Av. República do Chile, 230, anexo - Centro (Próximo ao Metrô: Estação Carioca)
Horário: quarta a domingo, às 19h30
Ingressos: R$20,00 (Inteira) e R$10,00 (meia-entrada, idosos, estudantes e clientes CAIXA)
Bilheteria: de terça a sexta, das 13h às 20h; sábado, domingo e feriado, das 15h às 20h.
Telefone: (21) 2262-8152
Capacidade: 388 lugares (sendo 2 para cadeirantes)
Duração: 90 minutos
Gênero: Comédia
Classificação: 12 anos
Temporada: 19 de agosto a 04 de setembro – 19h30
Obs. dia 04 de setembro duas sessões – 17h e 19h30
Programação completa da CAIXA Cultural www.caixa.gov.br/caixacultural